Tag Archives: implante

Artigos Implantes Dentários

Implante Dentário e Ortodontia Liberados pelo SUS

Ortodontia/Ortopedia e Implante Dentário no SUS

 

O programa Brasil Sorridente, que via estender atendimento odontológico à população agora liberou implante dentario pelo sus e ortodontia para todos os Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) – Brasil Sorridente.

Claro que inicialmente não estarão disponíveis em todos os centros pois depende de encontrar profissionais para realizar os procedimentos além de adquirir materiais específicos que são caros.

Por isso cobre de suas autoridades locais a implantação de tal programa pois o Governo já liberou o implante dentario pelo sus, veja abaixo o trecho extraído do Portal da saúde http://dab.saude.gov.br

implante dentario pelo sus

 

read more »

Implantes Dentários

Que tal reconstruir seus dentes naturalmente?

Você está sofrendo de perda de dentes e está pensando em implantes dentários?

implante dentario

Se você esperar muito tempo você pode, eventualmente, ser capaz de regenerar seus próprios dentes:

Pesquisadores da Columbia University Medical Center desenvolveram uma maneira de usar as células-tronco do próprio corpo para regenerar o seu próprio novo conjunto de dentes. Atualmente, o processo tem a duração de cerca de nove semanas, e foi testado ao nível de ratos de laboratório, mas, se testado com sucesso em seres humanos, eventualmente vai substituir implantes dentários completamente.

read more »

Implantes Dentários

Qual o valor médio de um implante dentário ?

O valor médio de um implante dentário pode variar dependendo de fatores como a experiência do dentista, quanto custa determinada marca de implante dentario, localização e ambiente de trabalho, e, portanto, a resposta a quanto custo de implantes dentários pode variar. Implantes dentários são raizes de dente artificiais usadas nos maxilares  para segurar no lugar um dente . Implantes dentários são mais confiáveis do que ponte de dentes tradicionais, que são apoiadas nos dentes adjacentes para suporte. Isso é porque eles são auto suportados. Existem vários tipos de implantes que são comumente utilizados atualmente e podem mudar o valor médio de um implante dentário. read more »

Dicas Implantes Dentários

Quanto Custa um Implante Dental ?

O procedimento de instalação dos implantes dentários vem sendo utilizado na reposição dos dentes perdidos a mais de 50 anos. Antigamente, a instalação dos implantes era um procedimento complexo onde havia a necessidade de internação hospitalar e os materiais utlilizados, assim como os instrumentais cirurgicos não eram especializados para esse fim. Com isso, os custos para esse procedimento se tornavam elevados.

Hoje em dia, com novas técnicas, instrumentais e equipamentos cirúrgicos especificos, implantes confeccionados com formas e materiais adequados, o procedimento para a colocação de implantes dentários se tornou mais simples, menos traumáticos (sem a necessidade de internação hospitalar) e de maior probabilidade de sucesso (95% de sucesso).  Isso repercutiu em um menor custo ao procedimento.

 

read more »

Noticias

Qualidade de vida na terceira idade está relacionada com saúde bucal

Até mesmo doenças estomacais podem estar relacionadas à falta de dentes, alerta especialista da Simplan Implante Dentário
Já se foi o tempo que ultrapassar os sessenta anos era sinônimo de uma vida inativa. Hoje, a terceira idade marca presença em

Sorrindo na 3º idade
Qualidade de vida na 3º idade e saude Bucal

todos os cantos da cidade em diversas atividades. A aposentadoria e/ou saída de casa dos filhos crescidos dão o espaço que esses milhões de brasileiros precisavam para se cuidar cada vez mais e prolongar os anos de vida. Pessoas com mais de 60 anos tem uma vida extremamente ativa, viajando para Miami e outros lugares para curtir as férias em grande estilo.

No Brasil, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que a expectativa de vida dos brasileiros saltou de 69 para 72 anos em 10 anos.
Mas como viver mais e com qualidade de vida? Um bom começo é cuidar da saúde física e mental, mas sem esquecer dos cuidados odontológicos. De acordo com o cirurgião-dentista e diretor técnico da Simplan Implante Dentário, Dr. Gabriel Lembo, os idosos, frequentemente, apresentam doenças gengivais, têm cáries e problemas nas raízes dos dentes. E, não raro, ausência total ou parcial dos dentes, o que causa desconforto estético e também prejudica o organismo como um todo.
“Para fugir das cáries e doenças gengivais, a melhor medida é visitar regularmente o dentista, utilizar creme dental com flúor e fio dental a cada refeição e, principalmente, evitar consumo excessivo de alimentos ricos em açucares, além do tabaco. Esses cuidados certamente prolongam a vida dos dentes naturais e evitam uma possível perda de um ou mais dentes”, diz o especialista em implantes.
E se as perdas já aconteceram, a melhor medida é repor os dentes, pois, de acordo com o Dr. Gabriel Lembo, cada dente possui uma função especifica e a falta de um ou mais prejudica a mastigação e a digestão, já que os alimentos não chegam devidamente triturados ao estômago, além de ocasionar outros problemas de saúde. “Poucos imaginam, mas doenças estomacais podem estar relacionadas à falta de dentes”, afirma.
Hoje, para a reposição dos dentes existem opções, que fogem das velhas conhecidas próteses removíveis, popularmente conhecidas como dentaduras: são os implantes dentários (com prótese fixa), que facilitam a vida do paciente na hora da higienização e não têm contra-indicação. “Os implantes podem ser colocados em pacientes cardíacos ou diabéticos. Mas é importante dizer que cada caso deve ser analisado individualmente. A higienização é similar aos dentes naturais: escovação e uso de fio dental após as refeições. É uma vida normal, com boa mastigação e confiança no sorriso”.
O procedimento, consiste na colocação de pinos de titânio na gengiva, que são fixados no osso maxilar ou mandibular no lugar da raiz dos dentes perdidos. Em seguida é instalada uma coroa dentária ou uma prótese de vários dentes, conforme a necessidade do paciente, posicionadas assim no lugar dos dentes naturais.

Higiene Bucal

Escova dental deve ser específica após a colocação de um implante

Especialista afirma que depois da realização de um implante, extração de dente, tratamentos de lesões orais, radioterapia e/ou quimioterapia, entre outras intervenções, o ideal é utilizar uma escova adequada para não machucar e otimizar o tempo de recuperação.

Antes de definir qual o profissional de odontologia que realizará o procedimento, é primordial verificar se o consultório obedece às condições mínimas de higiene e segurança, como instrumentos e materiais esterilizados ou descartáveis, limpeza do local, entre outros detalhes. No entanto, além dos cuidados no

Escova Interdental

pré-atendimento, o sucesso da intervenção odontológica só será satisfatório se o paciente seguir alguns cuidados no pós-tratamento como, por exemplo, a utilização da escova dental correta após a colocação de um implante, ou qualquer outro procedimento em que escovas normais não são recomendadas.

Existem no mercado escovas de formas e tamanhos variados de diversas marcas, nacionais e importadas. Todavia, poucas se preocupam em oferecer produtos específicos para a higienização oral após a realização de um procedimento odontológico. Segundo o professor em Odontologia da UNIBAN, Hugo Lewgoy, é fundamental que o paciente utilize a escova correta depois de realizar um implante ou logo em seguida de uma exodontia (extração dentária), traumatismos, biópsias etc. “O paciente precisa buscar um produto que traga conforto e segurança, sem machucar as gengivas após todos os casos de cirurgias orais maiores ou menores”.

Uma das poucas opções de escova dental disponível no mercado brasileiro específica para o uso pós-procedimento odontológico, comenta o professor, é a escova CS Surgical “megasoft”. De acordo com a Curaden Swiss, empresa fabricante do produto, essa escovapossui cerdas megamacias com fibras de CUREN® com apenas 0,06 milímetros de diâmetro (o menor diâmetro do mundo para cerdas) e extremidades arredondadas, portanto, ideal para quem fez implante ou que apresenta lesões orais, aftas, ou que realizaram radioterapia e/ou quimioterapia e está com as mucosas orais muito sensíveis.

“Para ser utilizada no pós-operatório, a escova dental precisa ter uma cabeça pequena e compacta e que faça a desorganização da placa bacteriana de forma suave nas regiões recém-operadas. O Ideal, também, é que essa escova específica seja utilizada em conjunto com a clorexidina, ou seja, um agente anti-infeccioso que apresenta uma baixa toxicidade e é amplamente utilizado sob as formas de antissépticos a 0,12% ou 0,2%, um item obrigatório para os profissionais que realmente se preocupam com a saúde e o conforto dos pacientes”, conclui Lewgoy.

Curaprox – Fundada na Suíça pela família Breitschmid, a Curaprox atua na área odontológica desde 1940. É uma empresa comercial desde 1954 e lançou a linha especial de higiene oral em 1974. Na Europa, tem um papel pioneiro em higiene interdental. É uma empresa de comercialização na Alemanha desde 1976, nos Estados Unidos da América desde 1999, com filiais na Europa, América, Ásia, África e no Oriente e agora também no Brasil.

Os produtos Curaprox refletem décadas de pesquisas, um conhecimento profundo sobre higiene oral e o trabalho em cooperação com as principais lideranças profissionais da Odontologia mundial. Estes produtos traduzem-se em benefícios abrangentes com alta qualidade e sofisticação para garantir a prevenção das doenças orais de forma totalmente eficiente e sem machucar as gengivas.

Fonte: Curaden – www.curaden.com.br

Implantes Guiados

Implante dentário por nova técnica possibilita a recuperação mais rápida do paciente

Uma técnica recente de implante chega aos consultórios odontológicos. Trata-se da cirurgia guiada virtualmente, mais conhecida como cirurgia sem corte, que é menos invasiva, possibilita uma recuperação mais rápida que

Cirurgia Guiada

a tradicional, além de permitir que o paciente saia do consultório com os implantes e os dentes no mesmo dia.

A diferença entre a cirurgia tradicional e a guiada está no planejamento minucioso que é realizado antes da cirurgia. Imagens de tomografia computadorizada em três dimensões permitem que o cirurgião-dentista planeje os implantes de uma forma virtual, escolhendo a posição e inclinação mais adequada, bem como a quantidade de implantes a serem utilizados, levando em consideração as restrições anatômicas do paciente.

Este implante dental, feito de uma liga de titânio, substitui a raiz do dente ausente e é inserido no osso, que deve ter altura e largura suficiente para tal, sendo este procedimento um dos mais avançados dentro da odontologia contemporânea. “Essa técnica possibilita ao paciente uma recuperação mais rápida, cerca de 50% da convencional, pelo fato de realizar pequenas perfurações na gengiva, somente no local do implante, diferente da comum, onde é necessário um grande corte para a colocação dos implantes”, comenta a mestre e especialista em periodontia, Zulene Alves Ferreira. Com os dados em mãos, o cirurgião analisa a anatomia óssea da boca, e define o local ideal de fixação dos implantes. A partir daí, uma máquina de prototipagem gera um guia cirúrgico de resina, especifico para o paciente, que define o ponto exato da fixação dos implantes.

A grande vantagem é que a intervenção cirúrgica é toda definida e planejada virtualmente com a precisão do computador. “Esse planejamento prévio faz com que o paciente sofra menos, tenha uma cirurgia minimamente invasiva, menor dor e sangramento, proporcionando segurança e tranqüilidade, tanto para o profissional quanto para o paciente. Outra vantagem é que, sabendo antes onde estarão os implantes, a prótese provisória pode ser confeccionada antecipadamente, podendo ser instalada momentos após a cirurgia”, comenta o endodontista Marcelo Leipner de Oliveira.

A técnica é promissora, porém é mais indicada aos pacientes sem perda óssea, pois estes necessitam de um enxerto para compensar essa perda. Os enxertos podem acontecer antes ou na mesma sessão da colocação do implante, o que requer quatro a seis meses de espera, para a colocação dos implantes. A falta de um ou mais dentes vai muito além da dificuldade de mastigação, afeta a saúde e a auto-estima das pessoas, podendo interferir na imagem do paciente. “Qualquer pessoa deseja ter dentes saudáveis sem sofrimento e com apenas algumas consultas e um procedimento pouco invasivo. Por meio da cirurgia guiada por computador, é possível melhorar ainda mais a qualidade estética dos implantes”, finaliza Dra. Zulene

Fonte: Odontosites

Close