Reabilitação Protética sobre implantes

Quais os tipos de próteses sobre implantes e qual o mais adequado para cada paciente?

O paciente chega ao dentista e procura um tratamento de implantes dentários. Na verdade o que realmente procura é o produto final deste tratamento, ou seja, sua reabilitação protética.

Afinal, qual seria a melhor prótese sobre os implantes, qual é a mais estética, mais funcional, que possibilite a melhor mastigação?

Certamente, depende do caso ou condição óssea de cada paciente alem das expectativas dele. Sendo assim varia de caso para caso. Porém, de forma didática, podemos separar os tipos de reabilitação protética em basicamente quatro tipos:

  • Próteses Unitarias sobre implantes
  • Próteses Parciais Fixas sobre Implantes
  • Prótese tipo “Protocolo”
  • “Overdenture” ou sobredentadudas

Próteses Unitárias sobre Implante:

Semelhantes as coroas unitarias cimentadas aos dentes preparados, essas prótese são indicadas em casos de perdas dentais isoladas decorrentes de fraturas acidentais ou fracassos de trantamentos endodonticos (canais) de um dente ou alguns dentes intercalados. É uma excelente alternativa às próteses parciais fixas (pontes fixas). (fig.1)

Fig.1- Próteses Unitárias sobre Implante

 

Geralmente confeccionados em porcelana, as próteses unitárias sobre implantes possuem retenção através de parafuso ou cimentado por intermedio de um componente chamado “abutment” ou “munhão”. (Fig.2)

Fig.2 “abutment” ou “munhão”

Existem diferentes tipos de  “abutment” ou “munhão”, variando-se de acordo com cada fabricante de implanates. Podem ser retos ou angulados dependendo o posicionamento do implante instalado. (fig.3)

Dental-Abutment_tipos
Fig. 3 – Tipos de Abutment

 

 

Na confecção da coroa, diferentes materiais vêm sendo empregados, procurando-se cada vez mais uma melhor estética. Tradicionalmente, as chamadas coroas metalocerâmicas (Fig.4) são mais comumente utilizadas, atualmente existem opções com coroas de porcelana pura (Fig. 5) , normalmente mais estéticas.

 

metaloceramica
Fig.4 – Corôa Metalo-cerâmica (gentileza Dr. Elcio R. Miyashita)
protese ceramica_pura
Fig.5 – Coroa de Cerâmica Pura ou “metal-free” (Gentileza Dr. Elcio R. Miyashita)

 

Nos casos de Próteses Unitárias sobre implantes, a estética final do tratamento é extremamente influenciada pelo volume e formato gengival que circunda a prótese. Geralmente pode-se manipular a gengiva através de pequenas cirugias, inserção de pequena quantidade de enxerto e condicionamento gengival através de coroas provisórias para alcançar resultados estéticos favoráveis.(Fig.6)

gengiva após implante
Fig. 6 – Condicionamento Gengival (Gentileza Dr. Elcio R Miyashita)

 

Retornando a questão do inicio deste artigo: as coroas unitárias sobre implantes são estéticas e funcionais?

Sua estética é bastante favorável, desde que sejam empregados materias adequados para a confecção da coroa e condicionado de forma adequada à gengiva ao redor da coroa.
Em relação a sua função ou capacidade de mastigação, também são bastante favoráveis pelo simples fato que as forças mastigatorias não se concentrarão apenas sobre a coroa do implante, e sim se espalharão conjuntamente com os dentes remanescentes do paciente.

Caso reste alguma dúvida, deixe um comentário e procuraremos responder o mais breve possivel.

 


Sobre o Autor:  A equipe do site Só Implante dentário é formada por profissionais de Odontologia e nosso intuito é trazer o que há de mais moderno e atual em uma linguagem fácil de ser entendida por você paciente. Não possuímos e nem indicamos nenhum profissional em qualquer Estado do Brasil. Nosso intuito é difundir a informação. Leia mais textos do Autor


158 Comments

  • sandra
    16 de fevereiro de 2012 - 3:37 pm | Permalink

    Boa tarde, estou fazendo um implante e nao estou gostando do resultado a margem gengival nao esta de acordo, pois o pino esta aparecendo e eu nao posso dar um sorriso avontade já fiz exerto mais foi recusado e a dentista agora so vai colocar o fixo. o que pode ser feito para ficar uma estetica perfeita? me ajude por favor

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      20 de fevereiro de 2012 - 2:07 am | Permalink

      É justa sua preocupação com a estética, mas temos que ter em mente que perfeição em se tratando de implantes dentários não é alcançado em todos os casos. Não se desespere, pois existem diferentes manobras para se alcanças uma estética satisfatória alem cirurgias gengivais entorno do implante. Por exemplo,se o “pino” exposto for o “abutment ou munhão” citado no post acima, pode ser recoberto com a própria coroa. Caso a prótese fique em uma altura muito desigual aos demais dentes, pode-se sugerir uma cirurgia gengival nos demais dentes para harmonizar a altura gengival, ou mesmo em alguns casos a confecção de uma “gengiva artificial” localizada no colo da coroa.
      Deve-se verificar caso a caso a situação. Seu cirurgião dentista certamente saberá qual a maneira mais satisfatória para solucionar o problema.

      Espero ter ajudado.

      • Maria Cecília
        8 de setembro de 2013 - 1:31 am | Permalink

        Boa noite,

        Meu dente quebrou e o dentista me recomendou dois procedimentos, ou um canal e colocacao se uma coroa..ou um implate.. O valor passado nao foi muito diferente, entao em relacao a custo, as duas opcoes sao viaveis, o problema é que pedi um parecer do dentista e ele deixou em aberto, a meu criterio! Gostaria de um opniao de voces, é melhor fazer implante logo para evitar possiveis problemas posteriores, ou deixar a raiz original?

        • Dentista Consultor Implante Dentário
          20 de setembro de 2013 - 7:13 pm | Permalink

          Olá Maria Cecilia

          Se a opção para o implante for uma prótese parcial fixa (ponte fixa) a melhor opção seria o implante, este video pode ilustrar a reabilitação desses dois tipos de tratamento e suas consequencias a. Médio\longo prazo.

  • Neide
    2 de março de 2012 - 12:51 pm | Permalink

    Olá, há 16 anos atrás, sofri um acidente de carro e perdi o dente da frente, colocaram um dentinho de porcelana, mas fui no dentista mês passado e ele falou que tive mta perda óssea, ele disse que precisarei fazer um enxerto de osso e depois um implante, fiz a besteira de procurar aqui na internet o que seria isso, e estou desesperada com as imagens que vi, fica mto feio, gostaria que o senhor me explicasse se depois do procedimento, o dente fica mto diferente do outro. Sei que vcs não costumam dar opnioes sem analisar o paciente, mas por favor, fiquei desesperada, já que no meu caso, o dente é o da frente . Obrigada !

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      21 de março de 2012 - 3:32 am | Permalink

      Olá Neide, realmente é difícil afirmar alguma coisa sobre o seu tratamento antes de um exame clinico e um exame de imagem adequado para seu caso. Não se desespere com as informações encontradas na internet, pois um caso nunca é igual a outro. Normalmente a perda óssea na região de um único dente exige uma quantidade não muito grande de enxerto se comparados a grandes reabilitações sobre implantes, e é esse volume de enxerto que proporcionara uma fixação adequada ao implante assim como o contorno estético da gengiva após o procedimento. Procure um cirurgião dentista especialista, certamente ele esclarecerá todas as possibilidades de tratamento para seu caso.

    • TAMYRIS
      20 de maio de 2013 - 6:47 pm | Permalink

      NEIDE,JA FIZ ENXERTO E IMPLANTE DO DENTE CENTRAL. FICOU MUITO MELHOR DO QUE A COROA Q EU TINHA NA MINHA RAIZ, REQUER MUITA PACIENCIA POIS E PRECISO TEMPO+O RESULTADO É ÓTIMO, NG DIZ Q O MEU É UM IMPLANTE.ESTOU COM OUTRA RAIZ DO DENTE 22(AO LADO DO INCISIVO) QUEBRADA, VOU EXTRAIR E RECOMEÇAR, O QUE ME ANIMA É SABER QUE DAQUI 1 ANO FICARÁ OTIMO

      • 1 de julho de 2013 - 8:26 pm | Permalink

        Realmente Tamyris, um bom serviço requer um maior tempo de serviço, trabalhar com implantes e enxertos exige muitas vezes aguardar o tempo do proprio organismo, ai é só esperando mesmo, mas realmente dessa maneira os resultados costumam ser bem melhores!

  • Alex
    18 de março de 2012 - 4:05 pm | Permalink

    Olá! Coloquei pino para implante de dois dentes inferiores(lado a lado) e vi na radiografia que os pinos estão tortos, inclinados um para o lado do outro. Isso compromete o resultado do trabalho? Obrigado!

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      21 de março de 2012 - 3:49 am | Permalink

      Olá Alex, primeiramente é importante observar que a imagem radiológica nem sempre condiz com a realidade. Essas imagens são sujeitas a distorções dependentes do tipo de radiografia, operador do aparelho de raio x e da própria localização do implante na mandíbula. Bom, se mesmo assim existir pequenas inclinações, existem componentes angulados “(abutment ou munhão” como dito no post acima) que compensam a inclinação do implante para verticalizar o dente protético, viabilizando assim o resultado final. Com certeza, o cirurgião dentista que reabilitará seu caso saberá indicar os componentes protéticos mais adequados para a confecção de sua peça protética.

  • salech farias
    13 de abril de 2012 - 2:05 pm | Permalink

    olá doltor,fiz um implante na parte superior da frente,estao dizendo que tenho que colocar um provisório antes da coroa fixa alguns meses para modelar a gengiva,nao acho necessário,e querem me cobrar caro pelas coroas porque disseram que as peças do meu implante são das
    mais caras,existem diferença de valores entre as peças do implante? é preciso mesmo colocar o provisório antes da coroa fixa?

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      13 de abril de 2012 - 3:11 pm | Permalink

      Olá Salech, para se conseguir um aspecto mais estético da gengiva ao redor da coroa sobre o implante realmente é necessário a colocação prévia de provisórios para modelar essa margem gengival. De fato existem casos que a necessidade dessa modelagem gengival se tornam mais evidentes (como em casos onde houve ausência de volume ósseo e gengival na porção “frontal” do implante ou o implante foi colocado muito mais profundamente do nível da margem gengival) outra menos evidentes. Certamente aspectos estéticos podem ser pessoais, a questão é saber se vai “aceitar” o resultado após o tratamento sem o condicionamento gengival. Se aceitar não se torna obrigatório o condicionamento gengiva.
      Em relação a variação do valor dos componentes para a instalação da coroa realmente existem. Em geral os importados são mais caros e de melhor qualidade (superiores na precisão dos encaixes).
      Veja o post “Quanto Custa um Implante Dental” neste mesmo blog!

  • salech farias
    13 de abril de 2012 - 8:29 pm | Permalink

    doltor,realmente fiz enxerto de osso antes do implantes,mas cortaram tanto a gengiva que ficou muito fina,acho que nao tem gengiva suficiente pra modelar,o implante está muito alto,por isso nao vejo razao pra gastar 300 reais(porque estao dizendo que as peças do meu implante colocadas sao das mais caras) em um provisório pra usar somente tres meses,estou indeçisa,o que acha?obrigada pelas respostas.

  • gabriel
    20 de abril de 2012 - 11:24 pm | Permalink

    Dr. fiz um implante com sete pinos na maxila superior, paguei caro, só que observei que esses pinos aparecem, o dentista informou que é normal, isto porque deve ser feito higiene com escova e fio especiais. Imaginei que nada ficaria aparecendo de metal.É normal isto?
    Grato.

    • Elcio
      21 de abril de 2012 - 1:01 pm | Permalink

      Olá Gabriel, deve-se observar a situação anterior a colocação dos implantes para saber dos resultados finais da reabilitação protética. Por exemplo, em casos de pacientes usuários de próteses totais (dentadura) ou próteses parciais removíveis extensas (ponte móvel) geralmente apresentam maior perda de volume ósseo. Sendo assim, o posicionamento dos implantes ficam em uma distância distante da borda do dente e consequentemente os dentes ficam alongados. Existem casos onde, para não “alongar” muito os dentes, eles acabam expondo o metal nas proximidades da gengiva, porem esse metal fica escondido pelo lábio superior, não aparecendo quando o paciente sorri. Certamente cada caso é um caso. É necessário uma avaliação clinica do seu caso em específico para verificar eventuais soluções e confronta-los com suas expectativas.

      Espero ter ajudado .

  • maria cecilia alves de mroaes
    17 de maio de 2012 - 2:09 pm | Permalink

    Dr. foi implantado 6 pinos e daqui há cinco meses será colocado o dente tipo trilux, gostaria de saber se esse material é importado e se é adequado. Foi combinado do dentista colocar um protocolo na parte superior. Gostaria de saber que é protocolo, pois não quero ficar como se estivesse usando dentadura, pois o valor que vou pagar é alto. Obrigada

  • maria cecilia alves de moraes
    17 de maio de 2012 - 2:12 pm | Permalink

    Dr. gostaria de saber se em caso de não gostar do serviço posso pedir ressarcimento ou que seja novamente refeito. obrigada

  • maria cecilia alves de moraes
    17 de maio de 2012 - 2:16 pm | Permalink

    Quero saber o que é “Protocolo”, seria uma dentadura fixada nos pinos de titânio?O dentista implantou seis pinos e daqui há cinco meses colocará o protocolo e se eu não gostar posso pedir que refaça o serviço? obrigada

    • Elcio
      21 de maio de 2012 - 2:54 pm | Permalink

      A reabilitação por implantes chamada de “Protocolo” consiste basicamente em uma reabilitação protética de uma arcada inteira surgida inicialmente para desdentados inferiores mas hoje em dia utilizados tb em casos superiores. Para a fixação da peça protética são utilizados de 4 a 6 implantes para a arcada inferior e de 6 a 8 implantes para a arcada superior. Essa peça, diferente de uma simples prótese total (dentadura), apresenta uma infraestrutura metálica responsável pela fixação da peça aos implantes, alem de torna-la mais resistente por distribuir melhor as tensões geradas da mastigação aos implantes. A porção externa da prótese de fato é constituída de acrílico semelhante a uma prótese total, mas por apresentar essa estrutura metálica interna, sua dimensões gerais são bem menores, tornando-a muito mais confortável seu uso.
      Em relação a estética, isso vai variar de acordo com grau de absorção óssea avaliada antes da instalação dos implantes, posicionamento dos implantes colocados e tipos de dentes usados para a confecção da peça.
      Em geral antes da finalização da peça protética, os dentistas costumam fazer provas com a montagem dos dentes para checar
      o encaixe da mordida da peça e sua estética. Nessa hora é possível opinar sobre a estética da peça.

  • muito bom
    6 de junho de 2012 - 4:38 pm | Permalink

    muito bom. bem explicitado e científico. Grato

  • 9 de junho de 2012 - 1:28 am | Permalink

    coloque a protse mais nao gostei ficou muito artificial a suposta gengiva aparese com frecoencia

  • Mônica
    7 de julho de 2012 - 4:25 pm | Permalink

    Meu dente inferior , na lateral quebrou uma raiz. Estou pensando em fazer implante. O senhor comenta sobre parafuso ou cimentado por intermedio de um componente chamado “abutment” ou “munhão”. Qual deles é melhor ?
    Grata.

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      11 de julho de 2012 - 9:18 pm | Permalink

      Olá Monica!

      Como mencionado no post, existem basicamente 2 tipos de fixação da coroa (dente) sobre o implante dental. Pode ser cimentada ou parafusada por intermédio de um componente chamado “abutment” ou também chamado “munhão”. Ambas tem suas vantagens e desvantagens. No caso da coroa cimentada, sua estética é mais favorável, porém ela é mais complicada em uma eventual manutenção pois o parafuso de fixação do munhão estará coberto. Já a parafusada possui uma abertura na coroa para acessar o parafuso de fixação do munhão, o que possibilita um acesso mais fácil à esse parafuso facilitando assim uma eventual manutenção. Essa abertura da coroa normalmente é fechada com resina composta.
      O que define o tipo de retenção da coroa é a angulação que o implante fica depois da cirurgia. Implantes muito angulados dificultam a confecção de coroas parafusadas.

  • marcio ramos
    20 de julho de 2012 - 10:26 pm | Permalink

    Dr. há 20 anos uso dentadura total superio, pretento fazer implante , só que como é caro gostaria de implantar somente seis dentes. neste caso, qual a orientação q o sr. daria, ou seja, poderia ser os 4 da frente e um intercalado de cada lado, para segurar protese pois ainda possuo dois dentes quexais um em cada lado. qualmelhor metodo caso o sr. fosse fazwer?

    Esses implantes em associações de odontologia tem preços bem em conta, mas são recomendávevis já que trababalham muitos estagiario?

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      25 de julho de 2012 - 2:27 am | Permalink

      Olá Marcio.

      Para a instalação de uma prótese fixa, realmente é necessário a colocação de no minimo 6 implantes certamente bem distribuídos para melhor sustentação e dissipação das forças mastigatórias que irão ser submetidas. Porem, a localização desses implantes na arcada depende muito da localização de maior volume e densidade óssea. Por isso é necessário exames de imagens, como radiografias e tomografias para analisar a melhor localização para a instalação dos implantes. A partir daí, pode-se especular qual o melhor tipo de peça protética para o caso.

      No caso de associações de odontologia, geralmente são cursos para formação e aperfeiçoamento em implantodontia. Por se tratar de cursos, a qualidade do serviço depende não só dos operadores, mas do corpo docente do curso. Também é bom observar os horários disponíveis para atendimento, pois serão os mesmos horários do curso.

  • marcio ramos
    20 de julho de 2012 - 10:28 pm | Permalink

    Moro em manaus ,não tenho referencia se os trabalhos da ABO daqui é boa e nem tenho referencia de dentistas bons

  • fernanda
    22 de julho de 2012 - 2:14 pm | Permalink

    bom dia dr a 3 dias fiz 4 inplantes para colocar uma protese fixa total superior mas na hora do prosedimento ouvir o dr falando que seria uma protocolo tira minha duvida dr protocolo e a mesma coisa de protese fixa qual a menhor e sobre a estetica qual mim dicaria

  • Dentista Consultor Implante Dentário
    25 de julho de 2012 - 2:55 am | Permalink

    Olá Fernanda!

    Não sei exatamente qual seria o seu caso, se é um caso de reabilitação parcial ou total da arcada. Se for um caso de reabilitação total, convencionalmente são colocados de 6 a 8 implantes ou 4 implantes em uma técnica chamada “all on 4″ possibilitando a confecção de uma prótese tipo “protocolo” ou uma prótese fixa total em porcelana, por exemplo. Ambas as próteses são boas esteticamente, desde que sejam bem indicadas e sua indicação varia de caso para caso.

  • nanda
    27 de julho de 2012 - 12:24 am | Permalink

    boa noite dr. hoje fiz 4 inplante de uma so vez faltam mais 2 vou colocar uma protese fixa so que o dr nao tirou o molde antes da cirugia isso ta certo.a gostaria de sober tabem se a protocolo e a mesma coisa de protese fixa a diferensa.

    • 30 de julho de 2012 - 3:09 am | Permalink

      Olá Nanda!

      O molde preliminar à cirurgia tem o objetivo de confeccionar um guia cirurgico que auxilia na localização ideal dos implantes em relação à futura prótese. O uso deste guia é facultativo, cirurgiões com grande experiencia clínica podem dispensar o uso deste artifício.
      A prótese tipo Protocolo, na verdade é um tipo de prótese fixa retido por implantes. Se caracteriza basicamente por ser uma prótese em resina acrílica com uma estrutura interna em metal.
      Outro tipo de prótese fixa geralmente confeccionada são as próteses metalocerâmicas. Tambem possui uma estrutura metálica interna e é confeccionada os dentes de porcelada uma a uma.

  • nanda
    27 de julho de 2012 - 12:32 am | Permalink

    boa noite dr. estou com outra duvida o dr falou que aprotese fixa que ele vai colocar e de ressina inportada existe, estou pensando em opitar por ceramica mas nao tive coragem de perguntar o valor serar que a diverensa e muito grande no valor de uma para outra.

    • 30 de julho de 2012 - 3:19 am | Permalink

      Em se tratando de valores, depende muito de como cada dentista cobra sobre seus serviços. Em geral costuma-se cobrar um valor único por uma peça no caso do Protocolo, e um valor por dente no caso de prótese fixa metalocerâmica.
      Se considerar uma arcada completa em metalocerâmica, 12 a 14 dentes, geralmente se torma uma peça mais cara se comparada ao Protocolo.

  • aleni
    29 de julho de 2012 - 7:27 pm | Permalink

    ola aleni!
    Vou comecar meu tratamento. mas to em duvida. a respeito do material, porcelana ou trilux.meu dentista me recomendou trilux. gostaria de saber qual o melhor?
    obrigado…

    • 30 de julho de 2012 - 3:35 am | Permalink

      A prótese sugerida pelo dentista provavelmente é uma prótese tipo Protocolo. Os dentes de resina Trilux proporciona a prótese uma boa qualidade estética e funcional, assim como uma razoável durabilidade. Certamente próteses em porcelana possuem uma estética e durabilidade melhores, porém apresentam custos mais elevados se comparado as prótese Protocolo.

  • ELIZABETHY
    29 de julho de 2012 - 11:21 pm | Permalink

    OLÁ..Amei o carinho que o site tem com pessoas que nem conhece.
    Por isso vou pedir sua ajuda por que a resposta que desejo não encontrei em nenhum sait..
    Comecei o tratamento de implante dentário começou com exerto osséo depois coloquei os 6 pinos na parte superior paguei tudo até ai porém um emprevisto de ordem financeira me obrigou a parar o tratamento e estou a um ano com os pinos sem poder terminar meu tratamento gostaria muito de saber se isso pode gerar um problema e eu perder tudo o que ja fiz? OBS:meu dentista ao ser informado do meu infortunio nem quis mais atender-me se quer para me dar essa resposta.
    Desde já ciente de sua resposta fico muito grata..
    FORTE ABRAÇO..

    • 30 de julho de 2012 - 8:22 pm | Permalink

      Olá Elizabethy!

      O ideal seria através de radiografias observar se tanto o enxerto como os implantes estão adequadamente “ossificados”.
      Geralmente tanto as falhas de enxerto como de implantes se apresentam clinicamente através de exposição do material enxertado ou implante, seguido de grande reação inflamatória na região (com sinais de inchaço e dor) e em alguns casos apresenta-se sinais de infecção (presença de pus). Normalmente ocorrem nos primeiros meses após a colocação do enxerto ou implante.
      Após o período de consolidação óssea, +- 6 meses da colocação do enxerto e +- 3 meses da colocação do implante, se não houve nenhum dos sinais citados acima, as chances de ocorrer algum problema são pequenas, porém a confirmação só virá após exame radiográfico.
      Um outro detalhe importante. Em alguns casos a porção superior do implante (a “tampa” do implante) pode aparecer da gengiva. Nesses casos é recomendado a higiene criteriosa dessa região exposta do implantes para evitar eventuais inflamações e infecções.

  • THIAGO
    30 de julho de 2012 - 11:54 pm | Permalink

    Boa noite,

    Dr. Elcio, tenho 25 anos, faço tratamento ortodôntico a no mínimo 8 anos, meu grande problema foi os meus caninos inclusos, que o primeiro dentista insistia que eles iam descer com a cirugia que ele fez pra puxar, porem o dente não descia nunca isto me deixava loooooooooouco rsrs.
    Até que tomei a decisão de procurar outro profissional, e esta me disse que pelas posição que a radiografia mostrava o maximo que eu ia conseguir era perder os dentes do lado ja que tava forçando a genviva a cirurgia que o primeiro tinha feito,
    Bom acredetei nela e tirei os caninos inclusos a um ano mais ou menos, e finalmente chegou a hora dos tão sonhados implantes, fiz a cirurgia na semana passada, precisou de enxerto osseo, resumindo 4 mil reais,
    Hoje fui tirar os pontos o dentista disse que tudo otimo, mas o que eu nao tava sabendo era que apos a cicatrização que ele me deu um prazo de 4 meses mais ou menos vou colocar meus dentes sonhaaaaaaaaaaaaados demais
    So que eu achava que era o proprio que faria isto, e não é fiquei sabendo hoje, que ainda tenho um tal de protetico fiquei muito confuso e principalmente sem noção de quanto vai me custar isto sera que vai ser outra fortuna…
    nao guento mais gastar dinheiro com esta boca, 2 mil pra cirurgia pra tirar os dentes, 1.800 do aparelho ortodontico 4 mil dos implantes e agora ainda tem estas proteses,
    o que queria saber é uma media de preço das proteses e qual o melhor tipo de material utilizado hoje em dia afinal meu grande sonho sempre foi sorrir e sorrir sem medo
    Ahhhhh e o cigarro atrapalha os implantes

    bom já falei demais rsrsrsr um grande abraço!

    thiago – aracaju\se

  • ELIZABETHY
    1 de agosto de 2012 - 1:08 am | Permalink

    Grata Dr.Elcio saude e paz pra vc..

  • Maria Aparecida Ferreira
    14 de agosto de 2012 - 12:37 pm | Permalink

    Fiz um implante há dois anos e não medi esforços para fazer com o o melhor.
    A minha decepção é que o munhão quebrou esta semana e estou vendo que a coisa é irreversível.
    Estou tremendamente frustada.
    Poderia dar sua opinião?
    Perdi o dente na época devido uma trinca até a raiz.

    Obrigada

    • 20 de agosto de 2012 - 2:31 pm | Permalink

      Olá Maria!

      É preciso observar se a fratura do componente protético foi no proprio munhão ou no parafuso que o fixa. Bom, se a fratura ocorreu no nunhão, é simplesmente troca-lo, confeccionando uma nova coroa, já se for o parafuso, a coisa fica um pouco mais complicada.
      Se a fratura do parafuso ocorreu dentro do implante, infelizmente é extremamente difícil sua remoção, inviabilizando o uso deste implante. Sendo assim sugere-se a possibilidade de remoção deste implante para a colocação de um novo ( neste caso é necessário verificar se existe osso suficiente para a colocação deste, após a remoção do implante antigo). Não tendo osso suficiente, sugere-se a colocação de enxertia.
      Uma outra possibilidade seria a confecção de uma prótese parcial fixa sobre dentes desta região.

      Boa sorte !

  • Ricardo Rodrigues Augusto
    18 de setembro de 2012 - 8:20 pm | Permalink

    Olá Doutor. Pós 9 meses de espera e ansiedade, eis que o dentista finalizou os meus quatro implantes frontais superior. Tenho os caninos brancos e o dentista colocou as porcelanas meio que amareladas, ou seja, não gostei da cor. Tem como mudar para brancos? Também os dentes ficaram alinhados com os caninos e perdi a expressão no sorriso em relação à protese removível que usava antes. As porcelanas do implante ficaram pequenas e meu sorriso sumiu. Tem como reverter isto tipo colocando dentes maiores ou alguma outra saída?

    • 5 de outubro de 2012 - 3:56 pm | Permalink

      Olá Ricardo!

      Em relação a tonalidade da cor em peças de porcelana prontas é possível “retoques” em sua coloração apenas para escurecer e não para clarear. Neste caso provavelmente será necessária uma nova aplicação de porcelana.

      Em relação ao tamanho e forma dos dentes, é necessária a verificação prévia do “espaço protético”. Esse espaço protético seria o espaço desdentado disponível para a acomodação da peça protética. Em muitos casos onde o paciente perdeu os dentes e por algum motivo demorou para reabilitar essa perda, esse espaço protético diminui. Como consequência, os dentes protéticos perdem sua proporção em relação aos dentes naturais. Se tornam mais finos e acabam se destacando no sorriso.
      Como solução para esse tipo de problema, seria um aumento do espaço protético através de tratamento ortodôntico (aparelho) ou a diminuição de um dente afim de aumentar a largura dos dentes protéticos e manter a proporção entre eles.

      Espero ter ajudado!

      • Ricardo R. Augusto
        17 de outubro de 2012 - 5:39 pm | Permalink

        Agradeço a atenção dispensada a pergunta anterior e pegando uma carona na atual resposta pergunto-lhe: Para remover as próteses em porcelanas que já estão aplicadas e colocar novas com estéticas mais parecidas com a prótese removivel que eu utilizava antes é possível? Será que vou ter que usar uma ponte móvel até que conclua a nova leva de 4 dentes frontais ou dá para ficar usando esta enquanto sairá a outra?

  • Igo
    8 de outubro de 2012 - 7:22 pm | Permalink

    Boa tarde,
    faz tempo que perdi dois dentes 44 e 45, e já teve perda ossea,
    gostaria de saber se tem um material que possa ser colocado em cima da gengiva para implatar dois dentes.

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      26 de outubro de 2012 - 12:51 pm | Permalink

      Olá Igo !

      A perda óssea após períodos longos da extração dental ocorre fisiologicamente. Seu grau de absorção óssea vai depender de fatores como: trauma ósseo no ato da extração dental e uso de próteses sobre a área desdentada.
      No caso dos dentes posteriores inferiores, no caso os 44 e 45, a altura óssea disponível para a colocação de implantes está limitada por um nervo que passa internamente à mandíbula chamado nervo mandibular. Para casos extremos de pouca altura óssea nessa região à possibilidade de 3 procedimentos para aumenta-la: 1 – enxerto em bloco, 2 – distração osteogênica ou 3 – lateralização do nervo mandibular.

      1- Enxerto em bloco: Bloco ósseo transplantado de uma outra região da boca ou do corpo ou de banco de óssos doados.
      2- Distração osteogênica: Dispositivo que possibilita deslocamento controlada de um fragmento ósseo para regeneração óssea vertical.
      3- Lateralização do nervo mandibular: Cirurgia que desloca o Nervo Mandibular deixando espaço para a colocação dos implantes.

      Certamente se o caso for de pouca perda óssea, outras manobras menos complexas podem ser aplicadas, como enxertia por osso bovino particulado ou enxertos minerais.

  • Sidnei
    11 de outubro de 2012 - 11:27 pm | Permalink

    boa noite doutor.

    Fiz um implante na parte inferior, o último dente, tenho notado que que gengiva em torno dele esta sensivel e dolorida, em nenhum momento eu descuido da higiene bucal. O que poderá ser??? E o que fazer??

    Sidnei

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      26 de outubro de 2012 - 2:07 pm | Permalink

      Olá Sidnei

      Primeiramente deve-se observar se o implante foi instalado 3 a 4 meses antes dessa sensibilidade dolorosa. Se for antes desse período, existem duas possibilidades: inflamação local devido a agentes irritantes, como placa bacteriana ou traumas acidentais; falha na osteointegração (“formação óssea na superfície do implante”) causando movimentação do implante e irritando a gengiva. Nesse caso está indicado a colocação de um novo implante.

      Caso essa sensação dolorosa tenha ocorrido após 4 meses e verificado o sucesso na osteointegração do implante, essa dor pode estar vindo no afrouxamento de uma “tampa” do implante chamado “cover screw”. Nesse caso basta reapertá-lo.

      Caso já tenha instalado a prótese ou coroa, pode ter ocorrido o afrouxamento do parafuso que trava o componente protético do implante. Nesse caso, se a coroa for do tipo “parafusado”, basta reapertá-lo. Se for do tipo “cimentado”, existe o risco de danificar a coroa para acessar o parafuso de fixação da prótese com o implante. Nesse caso existe a indicação de uma nova confecção da coroa.

  • MARCIA
    21 de outubro de 2012 - 2:55 am | Permalink

    OLA DOUTOR SOFRI UM ACIDENTE GRAVISSIMO E QUEBREI MEU MAXILAR FRATURA BILATERAL DA MANDIBULA SERA QUE TEM COMO EU USAR APARELHOS PARA CORRIGIR E TBM FAZER IMPLANTES.

  • LinaC
    1 de novembro de 2012 - 11:43 pm | Permalink

    Olá Dr.
    Sou Portuguesa, mas vivo actualmente na alemanha. Vou tentar ser breve.
    Caí de bicicleta aos 14 anos (agora tenho 30) bati com a boca no alcatrão e bati com o meu dente da frente (julgo que seja o 21) com muita força, tendo feito uma rotação quase de 180º, enfim, não partiu, mas a rotação fez com que a raíz quase “rasgasse” a minha gengiva. O dente morreu logo. Tentaram coloca-lo no sitio mas como foi uma senhora não teve força para o colocar todo no lugar tendo ficado um pouco descaido. A minha gengiva tambem descaiu, não estando ao nivel da outra. Durante muitos anos nao me deu mais problemas, apenas sensibilidade ás mudanças de tempo (mas foi desvitalizado e nao entendo o porque da sensação). A questão é a seguinte, há cerca de 4 anos começei a desenvolver infecção e apareceu-me uma bola de pus na gengiva. Fui tratar,o medico limpou o canal,colocou produtos para tratar etc. A questão é que voltava sempre a infecção, até que há cerca de 2 anos fui operada, o medico abriu a gengiva e retirou de lá um quisto que havia se desenvolvido desde há muitos anos. Cortou tambem um pouco da ponta da raíz. Mas agora o problema voltou, mesmo depois da operação que foi tao cara! Voltei lá, ele limpou de novo e deixou ficar um fiozinho com produto. Mandou-me voltar para retirar assim que viesse para a alemanha. Assim fiz. Não sei ainda falar alemao, nem conheço nenhum profissional aqui. Estou cansada da situaçao e tenho receio que seja mais um quisto e que afecte o do lado! Será melhor colocar implante? A minha questão é: Colocando o implante tenho de ficar 3 meses desdentada ate que a gengiva sare? Não existe uma solução para disfarçar o enorme buraco? Ajude-me por favor. Muito obrigado e lamento o testamento.

    • Redação
      2 de novembro de 2012 - 10:26 pm | Permalink

      Cara Lina, nao é necessário ficarem dentes no período em que espera a osseointegração. Normalmente se utiliza uma prótese provisória.
      Att

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      5 de novembro de 2012 - 5:17 pm | Permalink

      Olá Lina !!

      Provavelmente, segundo a descrição feita, a lesão surgida na região periapical (região da ponta da raiz do dente) é de origem infecciosa crônica. Ou seja, uma infecção de baixa intensidade mas de longa duração. Nesses casos o tratamento seria o retratamento endodôntico (retratamento do canal) ou uma cirurgia chamada “apicectomia”. Tendo o insucesso nesses tratamentos (infelizmente em alguns casos isso acontece) a opção seria a extração do dente comprometido e a colocação de um implante dentário.
      Como o histórico deste dente apresenta foco infeccioso, o mais seguro seria primeiramente a extração do dente e eliminação total do foco infeccioso. Após aproximadamente 3 a 4 meses dessa extração, a colocação do implante propriamente dito e por ultimo, após mais 3 a 4 meses para a osteointegração do implante, a instalação da coroa sobre o implante.

      Como visto, haverá um longo período da extração a colocação da coroa dental. Nesses período, à possibilidade de uso de próteses provisórias removíveis ou fixadas nos dentes laterais.

      Espero ter ajudado

      Obs: qualquer duvida ao português-br em relação ao português-pt favor enviar comentário.

  • lili
    10 de novembro de 2012 - 12:39 pm | Permalink

    bom dia,

    Fiz um implante frontal superior(4 dentes) sobre dois pinos recentemente e a minha dicção ficou um pouco comprometida. Estou preocupada pois a voz é o meu instrumento de trabalho, sou alfabetizadora. Teria sido por conta do implante?

  • LinaC
    11 de novembro de 2012 - 9:29 pm | Permalink

    Olá Dr.Elcio!
    Muito grata pela sua explicação. Em relação ao português percebi tudo.

    Sim, de fato é cronico,pois mesmo já tendo feito a apicectomia e ter limpo o canal inúmeras vezes continuo com um alto na gengiva que de vez em quando inflama e parece estar cheio de pus, antes ainda consegui drenar pois tinha uma espécie de canal, um pequeno orifício abaixo do abcesso por onde saia o pus e dava uma leve aliviada no inchaço. Mas agora esse canal já não existe desde a operação e nada do que se desenvolve lá dentro consegue sair. Estou cansada desta situação.
    Doutor,3 questões: 1º-existe o risco da infecção se espalhar pela gengiva ou
    afectar o dente do lado? 2º- E quando meter o implante qual a probabilidade de ele cair\afroxar. O que fazer nessas situações? 3º- De vez em quando tenho sensação no dente e na gengiva, com as alterações da temperatuta. Dá uma comichão que apetece arracar! Se ele foi desvitalizado porque acontece isso?

    Muito obrigado por me ajudar!

    • 26 de novembro de 2012 - 11:25 am | Permalink

      Olá Lina!

      De fato não é recomendado manter quaisquer foco de infecção no nosso organismo. A disseminação da infecção na arcada superior não costuma dirigir-se para regiões mais profundas, diferente se fosse na região dos dentes posteriores inferiores, mas a o risco de perda óssea na região da raiz do próprio dente em questão e nas regiões vizinhas à ela. A sensação de alterações de temperaturas e leves e constantes incômodo na região da lesão são típicos de infecção na região de periápice (ao redor da ponta da raiz) e essa lesão atinge os tecidos circundantes a raiz do dente e não dentro dela, por isso que essa sensação é indiferente em relação a desvitalização dental.
      Em casos de necessidade de extração dentaria e colocação do implante dental, devido ao histórico de infecção cônica, é recomendado primeiro extrair o dente, e após um período de cicatrização e formação de novo osso que pode variar de 3 a 6 meses, instalar o implante. Após a instalação do implante, deve-se aguardar um periodo de 4 a 6 meses para a colocação da coroa dental. (nesse período, o uso de um dente provisório fixo nos dentes vizinhos ou removível em forma de ponte é recomendado)

      Boa Sorte!

      Dr. Elcio R Miyashita

  • Bruno
    23 de novembro de 2012 - 2:03 pm | Permalink

    Olá Doutor

    Há exatamente 3 anos dei de presente a minha mãe um implante total da parte superior que custou por volta de 10mil. Porém essa prótese fixa quebrou com minha mãe dormindo. Retornamos a clínica e disseram que a garantia não cobre. Nos sentimos muito ofendidos, pois na hora de contratar o tratamento é dito somente coisas lindas. Mas o fato é que com 3 anos a prótese fixa quebrou. E querem cobrar por volta de 2mil p refazer o trabalho. Isso é correto? Pois foi um presente suado que dei a minha mãe, e agora ela não consegue nem mastigar direito devido a quebra. Poderia me auxiliar e me falart sobre as garantias de um implante pra esse caso?

    Obrigado

    • 26 de novembro de 2012 - 12:11 pm | Permalink

      Olá Bruno!

      Certamente o tratamento de implante oferecido à sua mãe ou qualquer outro tratamento de reabilitação total fixo sobre implantes possuem valores elevados, pela própria complexidade do tratamento e materiais utilizados. Também, como dentistas, buscamos sempre o sucesso no tratamento e nunca queremos a falha deste. Em caso de falha, o mais sensato seria primeiro procurar as causas que proporcionaram o não sucesso no tratamento e tentar contorná-la com uma nova peça, se necessário (essa investigação deve ser feita por dentistas com certa experiência no assunto). Em relação as garantias, infelizmente fica a cargo de cada cirurgião dentista ou clinica. Tente conversar e negociar esta garantia diretamente com os responsáveis pelo tratamento e exponha sua situação a eles.

      Boa Sorte !

  • Bruno
    23 de novembro de 2012 - 2:08 pm | Permalink

    Só alertando que os parafusos estão intactos e não houve danos na estrutura. Somente a coroa mesmo que se quebrou do lado esquerdo (parte da gengiva e dentes) quase dividindo ao meio. E informaram que a mastigação dela está falha e por isso ocorreu. Isso não teria de ser previsto já que foi tirado o raio x? Ficou muito estranho. nos encheram de justificativas dizendo que não há como controlar a mastigação da pessoa se é correta ou não. Agradeço se puder me orientar.

    Obrigado mais uma vez

    • 26 de novembro de 2012 - 12:27 pm | Permalink

      Olá Bruno!

      A reabilitação total fixa por implantes é um procedimento complexo, com varias etapas desde a cirurgia de implantes até a finalização da peça protética. Pelo descrito, a falha parece esta na finalização do tratamento (felizmente que esteja nesta fase do tratamento, pois sua correção é mais simples e menos demorada, se for o caso). Como dito anteriormente, seria interessante primeiro uma investigação para se detectar o problema, apenas com o rx não é possível concluir esta investigação. Por exemplo, força mastigatória, espaço protético disponível, relação intermaxilar, dimensão vertical de oclusão … devem ser analisada, pensando apenas que se a suspeita de falha tenha sido a “mastigação” do paciente.

      Espero ter ajudado e boa sorte !

  • 25 de novembro de 2012 - 11:11 am | Permalink

    Tenho 74 anos e e resolví fazer implante nos dentes superiores da frente.Fiz o enxerto ósseo há dois meses Fiz todos os procedimentos pós operatório ele me recomendou que só voltasse lá em março de 2013. Como não recebo informações sobre futuros procedimentos gostaria que o sr me informasse
    Grato pela sua gentileza

    • Redação
      25 de novembro de 2012 - 11:42 am | Permalink

      Sim Sra Vera, normalmente os enxertos ósseos tem um um tempo após a cirurgia para poderem receber o implante definitivo.

    • 26 de novembro de 2012 - 6:50 pm | Permalink

      Olá Vera!

      De acordo com o descrito pela sra, a colocação de enxerto e seu tempo de formação óssea esta de acordo com os períodos mínimos necessários para este tecido estar apto para a colocação de implantes (de 5 a 6 meses). Após este período, e a confirmação radiografia da consolidação óssea desta região procede-se a instalação do implante propriamente dito. Após a instalação destes implantes, aguarda-se mais um período que varia de 4 a 6 meses para a instalação da coroa sobre o implante.

      Espero ter ajudado !

  • Rosane
    1 de dezembro de 2012 - 12:00 am | Permalink

    Ola, fiz implante nos 3 dentes de cima fazem 1 ano e meio ja e e estou com os dentes provisórios ainda, sei que deveria ja ter posto os dentes definitivos mas ainda não tenho dinheiro para isso, 1 implante acho que esta infeccionado (porque tem cheiro e gosto ruim na boca) por favor me de uma opinião sobre isso, obrigado!

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      4 de dezembro de 2012 - 6:02 pm | Permalink

      Olá Rosane !

      De fato, como o próprio nome diz, coroa provisória é realmente “provisória”.Geralmente esses tipo de peça é confeccionada para durar apenas a fase transitória do tratamento que não passa de alguns meses, no maximo. Coroas provisórias costumam ser confeccionadas em resina acrílica, e com um periodo curto de tempo, fratura em sua borda do contato com implante. Essas fraturas provocam infiltrações que acumulam residuos que provocam odores e gostos ruins, alem de inflamar a gengiva entrorno da coroa. De medio a longo prazo a inflamação gengival causa uma absorção do osso em torno do implante, o que pode causar sua mobilidade e falha.
      A real falha do implante se manifesta através de sua mobilidade (não necessariamente pode ocorrer sintomatologia dolorosa), pois o implante é totalmente hígido. Caso o implante ainda esteja “firme”, ainda é possível a colocação da coroa definitiva.

      Espero ter ajudado e boa sorte !

  • Lúcia Helena
    10 de dezembro de 2012 - 4:20 pm | Permalink

    Fiz um implante na parte superior ha um ano, e agora ele quebrou, qual será o motivo, oque fazer? Obrigada.

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      21 de dezembro de 2012 - 3:18 pm | Permalink

      Olá Lucia

      Primeiramente é necessário verificar o que exatamente fraturou: caso seja falhas nos componentes protéticos, como por exemplo fratura da porcelana ca coroa, fratura da estrutura metálica interna da coroa ou do “abutment” (componente intermediário que liga a coroa protética do implante), a resolução é relativamente simples, sendo a troca da coroa. Caso a falha esteja no implante propriamente dito (“pino” preso ao osso), a situação se complica, a depender do caso, podendo até mesmo a inviabilizar o implante instalado, necessitando sua remoção e colocação de um novo implante.
      As causas das fraturas em coroas sobre implantes podem ser inúmeras, porém a causa mais frequente estão relacionadas a sobrecarga devido a presença de contatos oclusais prematuros e/ou mal localizados sobre as coroas (“quando o paciente trava os dentes e sente muito a coroa”).

      Espero ter ajudado !

  • JOAO
    10 de dezembro de 2012 - 4:39 pm | Permalink

    Implantei 06 dentes superiores quanto tempo eu posso demorar para colocar o definitivo?

    • 22 de fevereiro de 2013 - 12:08 pm | Permalink

      Olá João!

      O protocolo convencional para a ativação de implantes (confecção das coroas sobre os implantes) para maxila (parte superior) é de 4 a 6 meses, a depender do tipo de implante utilizado. Existem alguns implantes importados que possibilitam a sua ativação em 1 mês e meio. Alguns casos específicos, quando as condições ósseas possibilitam, pode-se confeccionar a reabilitação tipo “Protocolo” em algumas semanas.

  • Vera
    13 de dezembro de 2012 - 4:03 pm | Permalink

    Olá Dr. , acabei de colocar uma protese inferior co, 2 pinos para um fixa com 3 dentes, acontesse que sinto os dentes invadindo o espaço da lingua, ou seja:sinto que estão tortos (para dentro) . isso me incomoda muito, estou tendo dor de cabeça, e o dentista diz que isso é falta de abituação. Será que isso é correto ?

    OBS. antes tinha no local, uma protese não fixa, segura por dois grampos,e era muito bem adaptada, só coloquei o implante por estética.

    • 22 de fevereiro de 2013 - 12:29 pm | Permalink

      Olá Vera!

      Certamente a sensação dentro da boca de uma prótese sobre implante é bem diferente se comparado a uma prótese parcial removível (prótese de grampo). Um dos aspectos é o ponto de fixação da coroa correspondente a localização do implante colocado. Geralmente esse ponto se localiza bem abaixo da gengiva. Em usuários de prótese parciais removíveis por períodos prolongados ocorre reabsorção óssea embaixo da prótese removível , o que torna esse ponto de fixação baixo. Se esse for o caso, ou o paciente deve-se habituar a nova condição ou estudar a recolocação dos implantes em outra posição, necessitando a depender do caso de enxerto ósseo.

  • Cláudio
    9 de janeiro de 2013 - 4:43 pm | Permalink

    Boa tarde, Doutor

    Tive osteosarcoma na mandibula inferior esquerda , onde reconstrui coo osso do iliaco, queria saber se é confiavel fazer implante o espaço é em torno de 9 cm, já faz um ano.

    Obrigado

    • 25 de fevereiro de 2013 - 12:12 pm | Permalink

      Olá Cláudio!

      Primeiramente deve-se verificar se atual estado da doença, no caso o osteosarcoma. Deve-se ter certa cautela pois esse tipo de tumor apresenta malignidade. Caso esteja tratado e o enxerto consolidado, é possível a colocação de implantes. No seu caso seria melhor verificar a possibilidade de um tratamento em conjunto com a equipe oncológica e o cirurgião que instalou o enxerto para proporcionar uma maneira mais segura para a colocação dos implantes.

  • jessica aliarte
    23 de janeiro de 2013 - 9:43 pm | Permalink

    olá me chamo jessica e nao sou eu que tenho problemas mas sim meu esposo,agora ele ta com a estima baixa pelo fato q nao querem aceitar ele no quartel porque ele nao tem os tres dentes da frente seria possivel ele por um implante dos tres dentes?atualmente ele usa as chamadas “chapas” ele tem que voltar no quartel em junho,ha tempo pra por o implante e se recuperar?

    • 25 de fevereiro de 2013 - 12:05 pm | Permalink

      Olá Jessica!

      Primeiramente, ele deve passar por uma avaliação inicial que consiste basicamente em um exame clinico e exame radiológico afim de se verificar o espaço protético e quantidade óssea presente. Tendo presente a quantidade mínima necessária de osso, coloca-se o implante e se aguarda um período de aprox 4 meses para a colocação dos dentes fixos. Caso seja necessário a colocação de enxerto ósseo, deve-se aguardar pelo menos 6 meses.

  • regina
    29 de janeiro de 2013 - 7:05 pm | Permalink

    olá dr. estou fazendo um implante no dente da frente e uma pequena parte da frente do meu implante está aparecendo, tem como cobrir com o dente? ou vai ficar aparecendo esse implante? essa gengiva artificial tampa meu implante?

    • 22 de fevereiro de 2013 - 12:01 pm | Permalink

      Olá Regina!

      Geralmente a exposição do metal da peça intermediária entre a coroa e o implante, tb chamado de munhão, ocorre quando: 1- a colocação do implante e feita de forma muito angulada; 2- Insuficiente espessura óssea para acompanhar o perfil estético gengival. No primeiro caso, poderia-se tentar adaptar a coroa protética sobre o munhão angulado afim de cobrir o metal deste, porém corre-se o risco de tornar o dente maior em direção da gengiva. Outra alternativa seria utilização de componemtes de zircônia, por apresentar um aspecto de porcelana, não apresenta metal em sua composição, apesar de apresentar custos mais elevados. No segundo caso, apenas uma cirugia de enxerto ósseo e gengival solucionaria o problema.

      Espero ter ajudado!

  • Vera Medeiros
    11 de fevereiro de 2013 - 11:20 pm | Permalink

    Olá, Doutor!
    Coloquei protese fixa aos 14 anos (grande trauma na minha vida), agora aos 30 anos fiz implante ósseo em toda maxila superior e vou colocar implantes. Eis a dúvida! Sempre quis colocar implantes unitários, ou seja, um implante de cada vez e até então, meu dentista diz ser possível, mas me aconselha colocar 6 implantes e o restante prótese fixa em blocos. Eu continuo irredutível, quero um dente de cada vez, pra sentir meus dentes de volta e facilitar a limpeza, mesmo gastando dinheiro a mais. Mas será que é o melhor pra mim, como vai ficar estéticamente?

    • 26 de fevereiro de 2013 - 3:04 am | Permalink

      . Olá Vera!

      Existem dois tipos de reabiltacao para uma arcada total: reabilitacao tipo protocolo e reabilitacao por coroas fixas por implante. No caso dao “Protocolo” seria o tipo de reabilitacao mencionada acima, constando de 6 a 8 implantes e uma peca fixa interiramente unida por uma estrutura metalica interna. A segunda opcao mensionada seria uma reabilitacao com coroas individualizadas ou com proteses parciais fixas de alguns elementos. Nesse caso o planejamento seria muito mais elaborado, pois deve-se prever com mais exatidao a localizacao do implante, onde deve coincidir o maximo possivel a posicao do futuro dente. Muitas vezes essa localizacao ideal na instalacao do implante pode nao existir osso suficiente para sua instalacao, necessitando de mais enxertia ossea. Esteticamente essa reabilitacao e superior.

  • itacir dos santos
    21 de fevereiro de 2013 - 11:18 pm | Permalink

    ola será que fica bom a protese fixa com sete pino na parte superior ,total de dentes
    peço isso Dr tendo envista um pino que deu regeição.
    Gostaria de saber se fica firme.

    • JESSICA
      26 de março de 2013 - 1:53 am | Permalink

      Boa noite ! Ah 5 anos sofri um acidente de moto
      Perdi 3 dentes da frente e fiz o implante cimentado,
      So que eles ficaram meio tortinhos ..se mais para
      Frente quiser troca-los tem como??queria saber tbm
      Se tem como clarear um pouco? Pois na parte de cima ficaram meio amarelos …quando tiro foto ou dou im sorrisao fica evidente!

  • Júnior
    8 de março de 2013 - 12:28 pm | Permalink

    Dr., em breve farei implante dos dentes 11 e 21, e duas coroas dos dentes 12 e 22.

    Minha dentista me indicou as coroas de porcelana (zircônia), porém achei muito cara. (11 e 21: R$ 1.800,00 cada; 12 e 22: R$ 1.200,00 cada).

    Como todos os meus dentes não são muito branco, ou seja, tendem mais para uma cor amarelada, não seria mais viável usar o material métalo-cerâmica, já que é mais barato?

    A vantagem da porcelana não seria o fato de a cor branca ser mais parecida com os dentes naturais?

    Pelo que entendi, já que as próteses não precisam ser tão brancas, devido aos meus dentes serem de tom amarelado, não seria melhor usar as de métalo-cerâmica?

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      8 de abril de 2013 - 6:47 pm | Permalink

      Olá Junior!

      Na verdade a estetica dental não esta vinculada somente à cor do dente, ela é apenas um aspecto para a confecção de um elemento protético mais estético. Outos aspectos como a translucidez do material e suas matizes (degradê) tb são relevantes. O que deve ser observado em seu dente natural que será imitado alem da cor, seu efeito diante da luminosidade. Efeitos mais opacos. (Aspecto de cor chapada!) são alcaçados com coroas metalocerâmicas, uma vez que deve-se mascarar estruturas metálucas internas, o que não ocorre com os componentes fabricados em zircônia, tornando-o mais translucido.

  • Jaci Oliveira
    15 de março de 2013 - 8:40 pm | Permalink

    Olá!Fiz uma coroa de porcelanato e por sinal gostei da cor,da altura, do tamanho do dente,mas tem um porém…ficou um pequeno espaço entre o dente q foi colocado e gengiva.Isso está me encomodando bastante!O que poderá ser feito para eu não perdeer a minha coroa?O espaço é pequeno, mas está mexendo comigo. Aguardo respostas!

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      8 de abril de 2013 - 7:07 pm | Permalink

      Olá Jaci!

      Primeiramente deve ser avaliado o que seria esse espaço, em alguns casos mantem-se um espaço entre a gengiva e a coroa para possibilitar a higiene desta. Certamente este espaço não dever grande a ponto de se tornar um nicho de retenção alimentar. Se houver a necessidade de fechamento deste espaço, apenas um nova coroa com um novo formato resolveria esta situação de forma adequada.

  • Bruna
    16 de março de 2013 - 9:57 pm | Permalink

    Dr., quanto tempo após o implante na parte superior posso fazer exercícios físicos?

    Fiz o implante, já retirei os pontos, mas a minha dentista disse que tem que esperar a gengiva fechar, para só então liberar atividades físicas. Quanto tempo demora para a gengiva fechar completamente?

    Obrigada!

  • JESSICA
    26 de março de 2013 - 2:01 am | Permalink

    Boa noite ! Ah 5 anos sofri um acidente de motoPerdi 3 dentes da frente e fiz o implante cimentado,So que eles ficaram meio tortinhos ..se mais paraFrente quiser troca-los tem como??queria saber tbmSe tem como clarear um pouco? Pois na parte de cima ficaram meio amarelos …quando tiro foto ou dou im sorrisao fica evidente!

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      5 de abril de 2013 - 2:09 pm | Permalink

      Olá Jessica!

      Teria sim como troca-las quando vc quiser ou necessitar. Em geral, entre o implante preso no osso e a coroa sobre ela existe um a peça intermediaria chamada munhão ou abutment que é fixada por um parafuso passante e uma rosca interna ao implante. Para troca-la, basta desparafusar esse componente e confeccionar outro dente sem comprometer o implante. Na confecção de uma nova coroa pode-se aplicar diferentes tons de cor de porcelana, em alguns casos, para uma melhor estética, podem ser confeccionadas em zircônia e porceladas especiais que eliminam a utilização de metal na coroa.

      • Jéssica
        16 de julho de 2013 - 4:36 am | Permalink

        Muito obrigado!!! Por tirar essa duvida !!

        • Dentista Consultor Implante Dentário
          21 de agosto de 2013 - 6:23 pm | Permalink

          De nada, qquer duvida que possa responder estarei a disposição

  • mi
    6 de abril de 2013 - 9:30 pm | Permalink

    Olá! fiz um implante e que a principio ocorreu super bem….. apos 4 meses foi colocado o dente definitivo… ..só q já faz umas semanas e sinto que a gengiva esta mais escura e com sensibilidade..é algum sinal de que o implante não deu certo houve rejeição do dente? o que devo fazer?

  • claudio pereira
    9 de abril de 2013 - 4:37 pm | Permalink

    Doutor, em quantas vezes os planos dividem o implante dentario

  • sandra
    17 de abril de 2013 - 4:08 pm | Permalink

    Boa tarde

    tenho uma pergunta, fase mais omenos 10 anos, que eu coloquei dois
    dentes de porcelana e na frente agora, um começou ,doe, muito fui no dentista
    eles mim falaram que eu vou ter que fase uma operaçao porque o pino
    que esta no dente esta inframado, so que tem um problema ele mim
    mostraram um video como vai ser, feita a cirugia guando eu vi fiquei com medo
    tem que corta a gengeva do dente e depois levanta pra sima e entao ela teria que fase um tratamento no dente e limpa e outras coisa. e adepois feixava a im gigiva de novo. eu fiquei com medo perguntei pra ela se eu poderia fese um emplante? queria sabe o meu problema e serio ou so por um tempo que eu vou ter esta dores
    guando sua Resposta : Anteciosamente: sandra

  • Paula
    18 de abril de 2013 - 12:40 am | Permalink

    Olá Dr.,

    Fiz um implante a um ano atrás foi muito boa a recuperação e colocação do pino, após seis meses coloquei prótese de cerâmica.
    Mas infelizmente parte estética ficou péssima desde então venho fazendo provas para colocação de uma nova prótese.
    Após tantas tentativa meu dentista optou colocar prótese cimentada
    estou muito chateada após tanto tempo de tratamento volta a estaca zero.
    O que devo fazer? aguardo comentários

    • 29 de abril de 2013 - 3:59 pm | Permalink

      Olá Paula!

      Em algumas situações, o implante pode não ficar em uma posição muito favorável devido a situação óssea presente no momento da cirurgia de colocação do implante. Isso repercute em uma maior dificuldade para a instalação da coroa sobre o implante. Na região anterior superior (dente da frente), muitas vezes o implante fica em uma posição angulada para frente, necessitando então, compensar essa angulação com componentes protéticos intermediários entre o implante e a coroa., podendo ser cimentada (munhão angulado) ou parafusada (esteticone angulado). Tanto a prótese cimentada como a parafusada não diferem muito em relação a estética, a parafusada apresenta maior retenção e facilidade de manutenção posterior.

  • Thais
    19 de abril de 2013 - 1:20 pm | Permalink

    Bom dia, sou a Thaísa, e tenho uma duvida, estou muito preocupada. Então eu tenho agenesia dos incisivos laterais, e por isso fiz implantes depois de um tratamento ortodontico. Fiz os implantes em agosto de 2012, fiquei em recuperação para osso integração por 6 meses. Agora em fevereiro de 2013 tirei o aparelho e coloquei as proteses provisórias para adaptar a gengiva, no inicio do mes de abril comecei a fazer o clareamento, para depois colocar as definitivas de porcelana pura na cor exata dos meus dentes, estava tudo otimo, até agora. Pois dia 17/04 percebi que um dos implantes esta inflamado, tem uma bolhinha que começou a sai pus, não sei o que fazer, procurei o dentista, ele disse para usar o enxaguante periogard, utilizei dois dias percebi que diminuiu o pus, mas continua um pouco inchada, não sei o que fazer, será que agora vai começar a dar tudo errado.

    Preciso de uma opinião da minha situação.

    • 6 de maio de 2013 - 5:10 pm | Permalink

      Olá Thais!

      Primeiramente deve-se verificar o que pode estar causando essa lesão. Sendo apenas um afrouxamento do parafuso que une a coroa protética do implante, a solução é considerada mais simples, apenas um novo apertamento deste parafuso pode resolver este problema. Se ocorreu uma falha na osteointegração, infelizmente deve-se instalar um novo implante. O sinal de edema gengival pode ocorrer nos dois casos, apenas através de uma radiografia consegue-se ter ideia do que pode estar acontecendo.

      Boa sorte !

  • daniele
    22 de abril de 2013 - 7:44 pm | Permalink

    Oi boa tarde eu fiz c cum enxerto ósseo para dois implantes paguei 4000mil to achando um pouco caro, não tenho idéia de quanto custa mais ou menos queria saber quanto custa só que o cerurgiao saiu da clínica por isso to um pouco assustada mais to fazendo o procedimento com outro .

  • Adriano Ferreira
    24 de abril de 2013 - 5:42 pm | Permalink

    Doutor, você poderia me ajudar meu problema é o seguinte a uns 15 anos atras perdi um dos meu dente bem na frente fui ao dentista e ele fez uma prótese metalo-cerâmicas, acredito eu, so que agora acho q ela ta desgatada pois o metal fica aparecendo bem no meio do dente, já nao sei mais o que é sorrir, neste caso qual o tratamento? Tem como consertar isso?

    • 6 de maio de 2013 - 5:23 pm | Permalink

      Olá Adriano!

      Por melhor prótese que possa existir, são peças artificiais que estão sujeitas ao desgaste com seu uso. 15 anos pode ser considerada um bom periodo para se verificar uma troca desta coroa, pois alem da porção estética aparente desta peça, deve-se verificar sua adaptação com sua raiz dental ou implante, seja qual foi seu tratamento. Esse aspecto não costuma ser muito visivel e pode causar falha repentina da peça, além de tornar a região proxima a ela imflamada. A questão da possibilidade de um simples conserto deve ser considerada caso sua adaptação estiver boa e sua região estética estiver pouco comprometida.

  • Robson Santos de Araújo
    26 de abril de 2013 - 1:54 am | Permalink

    Doutor, coloquei 2 implantes em um local que tive que fazer um enxerto, mas antes de colocar a prótese o dentista observou que 1 deles não fixou bem e teve de ser retirado, o dentista quer esperar que se forme osso no buraco feito para pedir de novo a tomografia de cone beam, é normal acontecer isso? Qual seria a chance de dar certo? Obrigado.

    • 6 de maio de 2013 - 5:32 pm | Permalink

      Olá Robson!

      A colocação de Implantes em região enxertada costumam ser mais complexa que em regiões não enxertadas. Alguns fatores devem ser levadas em consideração como por exemplo, tipo e quantidade de enxerto colocado e principalmente a quantidade de osso remanescente antes da colocação do enxerto. O tempo de maturação do osso nesta região enxertada tb varia de acorto com o tipo e quantidade, podendo variar de 4 meses até 1 ano.

  • Joao Melo
    7 de maio de 2013 - 10:02 pm | Permalink

    Boa noite Doutor, Tenho 64 anos, sem problemas de saúde,1,70mts, 64 quilos. Uso prótese superior, desejaria saber se ainda tenho condições de receber implante superior para prótese fixa e quantos seriam necessários. O que seria mais aconselhável continuar com prótese removível, já que quero trocá-lá, Quando sorriu não aparecem meus dentes superiores na região frontal.

    • 8 de maio de 2013 - 5:14 pm | Permalink

      Olá João Melo!

      O que deve ser observado para a viabilidade ou não da colocação dos implantes é a condição óssea remanescente no paciente. Em geral, pacientes com uso prolongado de próteses removíveis deve receber atenção especial na avaliação dessas condições ósseas. Essas avaliação é feita por meio de exames clínico, radiográfico e de tomografia computadorizada em alguns casos. No caso de existir viabilidade óssea, a reabilitação total de uma arcada fixa mais simples e efetiva é a chamada rebilitação tipo “protocolo”, com a instalação de 6 implantes.

  • Cristina
    8 de maio de 2013 - 1:35 pm | Permalink

    Bom dia Dr. Elcio!!! Sou pós graduada em implantodontia e hj , a pouco, ocorreu algo que nunca havia acorrido em minha experiência clínica. Fui dar o torque no parafuso e o mesmo quebrou ao nível do exagono externo do implante. Se estivesse sem o torque finaizado não teria grandes dificuldades para retirar o corpo do parafuso de dentro do implante… Porém o torque foi finalizado, 32N, e no momemnto em que a catacra, torquímetro, quebrou o parafuso quebrou junto… O corpo do parafuso está bem firme no interior do implante e estou sem saber como faço para fazer a remoção do mesmo sem comprometer o tratamento do paciente.. Grata pela atenção e compreensão desde já agaradeço.

    Cristina Costa

    • laercio amaral
      17 de julho de 2013 - 3:03 pm | Permalink

      Ola dra, cristina, estou exatamente com o mesmo proplema, vc ja conseguiu resolver, poderia nos ajudar? grato.

  • Edmar
    8 de maio de 2013 - 3:59 pm | Permalink

    Olá Dr!Há alguns anos atrás perdi um dente da frente,e com o decorrer do tempo devido ao medo de Dentistas,perdi tbm a raiz.Hoje estou me preparando p/um implante!Tive que fazer inxerto de osso,foi horrivel,mas fiz!Já faz 5 meses que fiz o enxerto,mas agora descobrimos que o dente vizinho do qual vou implantar,está com uma pequena lesão e esse dente possui um pino.Minha dentista disse que tem que tratar essa lesão removendo o pino,mas perguntei à ela: há possibilidade de essa remoção trincar a raiz? ela disse que sim!Mas agora ela quer extrair esse dente e fazer uma prótese junto (colado) com o dente do implante! O que o Dr acha disso? Me preocupo esteticamente!Será que o melhor não seria eu implantar mais um? Me ajuda por favor!

  • alex pierre esteves
    8 de maio de 2013 - 8:05 pm | Permalink

    Boa tarde Doutor. Tenho 43 anos e fiz um implante a cerca de 2 anos atrás (dente canino)e ainda tenho um incomodo quando deito e apoio a cabeça do lado do implante. Percebi que quando puxo a bochecha para olhar a regiao do implante percebo uma membrana entre a bochecha e a gengiva e ao toca-la ou estica-la este incomodo é maior. Esta membrana possui algum tipo de terminação nervosa? Será que,se o dentista corta-la esse incomodo diminuirá?

    • 1 de julho de 2013 - 7:08 pm | Permalink

      Olá Alex.

      Seria interessante passar por um exame clinico para verificar a real situação do caso. Apenas como hipótese, pode ser ausência óssea na frente do implante, qdo isso ocorre, ao esticarmos a gengiva, podemos observar uma area escurecida correspondente ao implante abaixo da gengiva. Em relação ao incomodo, essa região pode acarretar inflamação devido ao contato direto das roscas do implante a gengiva, sentidas principalmente quando é tracionada.
      Como dito, é apenas uma hipótese, o ideal seria retornar ao dentista que fez o implante para ser avaliado e se necessario, tratado.

      Boa sorte!

  • Silvia
    13 de maio de 2013 - 10:38 pm | Permalink

    Boa noite Dr!

    Semana passada fiz um implante e foi dado os pontos na gengiva. Hoje após 4 dias da cirurgia notei que aparece a tampa do implante na parte lingual, (na frente está bem recoberta a gengiva).
    Gostaria de saber se isso vai prejudicar a osseointegração ou é normal?

    • 1 de julho de 2013 - 8:22 pm | Permalink

      Olá Silvia!

      Essa tampa do implante, tb chamado de Cover Screw, nada mais é que uma tampa que protege a rosca interna do implante no periodo de osteointegação. Sua exposição ao meio bucal, não obrigatoriamente vai causar a perda do implante, mas deve-se ter um maior cuidado em relação a higiene desse componente exposto. Por exemplo, a utilização de um cotonete embebido com solução de clorexidine 0,12% (periogard) sobre o Cover Screw exposto.. Se o implante foi colocada de forma adequada, e com esses cuidados, o processo de osteointegração costuma ser normal.

  • Kika
    24 de maio de 2013 - 12:22 pm | Permalink

    Olá, doutor. Fiz um implante e enxerto há cerca de 8 meses. Desde então, sinto um gosto acido na boca. Meu dentista trocou a prótese parafusada por cimentada, melhorou muito pouco. Posso estar perdendo o enxerto? Eh normal isso? Obrigada!

  • Fatima
    29 de maio de 2013 - 11:54 pm | Permalink

    Boa noite doutor, estou fazendo implante em 2 dentes inferiores, e em um deles percebi que ficou um buraco pequeno aberto e aparece o pino, gostaria de saber se não vai dar problema e se vai ficar assim mesmo colocando o dente.
    Obrigada.

  • Fatima
    30 de maio de 2013 - 5:32 pm | Permalink

    Bom tarde! começei a fazer um implante e nesse periodo da cicatrização não fechou direito é que vi que ficou aparecendo o pino no lado e não em cima, e ainda não coloquei o dente. Gostaria de saber a opiniaõ de outro dentista sem se a dela, falei com ela e ela disse que não tem problema, ate pq é muito pq o que ficou aberto.

    • 1 de julho de 2013 - 8:44 pm | Permalink

      Olá Fatima.

      Provavelmente, o que ficou exposto ao meio bucal é um tipo de tampa que fecha as roscas internas ndo implante chamado Cover Screw. A exposição desse componente por si só, não indica uma falha do implante, porém alguns cuidados devem ser seguidos qdo isso ocorre, como higienizar essaa tampa exposta com cotonete embebida de solução de clorexidina 0,12% e verificar com o dentista se esse componente não esteja sofrendo nenhuma pressão em casos de uso de próteses provisórias mucosuportadas (ponte provisória).

  • Fatima
    1 de junho de 2013 - 7:49 pm | Permalink

    começei a fazer um implante e nesse periodo da cicatrização não fechou direito é que vi que ficou aparecendo o pino no lado e não em cima, e ainda não coloquei o dente. Gostaria de saber a opiniaõ de outro dentista sem se a dela, falei com ela e ela disse que não tem problema, ate pq é muito pq o que ficou aberto.

  • thaise
    1 de junho de 2013 - 8:20 pm | Permalink

    Dr. Fiz o implante dos pinos e minha gengiva está normal… Precisarei usar uma coroa provisória também? Mesmo não tendo feito enxerto? obrigada

    • 1 de julho de 2013 - 8:49 pm | Permalink

      Olá Thaise.

      O provisório pode ser usado como modelador da gengiva entorno do implante. Geralmente é bem indicado quando em implantes colocados na frente ficam muito dentro da gengiva. Seu uso melhora a estetica e torna menos dolorida a colocação final da prótese definitiva.

  • Regina
    4 de junho de 2013 - 2:13 pm | Permalink

    Bom Dia Dr., meu dente quebrou juntinho a gengiva, colocou outro dente com um pino e entre o dente e a gengiva fica sempre preto, pode ser o pino que solta um zinabre, ou de onde vem essa escuridaõ.? o dente por tras é todo esucro.Pode ser do material usado?
    Muito Obrigada.

    • 1 de julho de 2013 - 8:57 pm | Permalink

      Olá Regina.

      O aspecto escuro proximo à gengiva geralmente ocorre quando a borda do preparo, ou o limite entre o dente + pino e a coroa está acima da gengiva. Na confecção da coroa, deve-ser o cuidado de preparar esse limite sempre abaixo da gengiva, principalmente em dentes da frente. O uso de materiais cerâmicos para a confcção de coroas costumam ter uma melhor estabilidade de cor, não correndo o risco de escurecer com o passar do tempo.

  • 20 de junho de 2013 - 12:46 am | Permalink

    Minha amiga tem um problema que a atormenta à 2 anos, após um implante começou a ter uma pulsação permanente na gengina, e não encontra solução, não sabendo mais à quem recorrer, por favor nos ajude, obrigada
    Lia

  • 20 de junho de 2013 - 12:48 am | Permalink

    Por favor peço ajuda para uma amiga minha que após um implante tem uma constante pulsação na gengina, ha 2 anos, e sofre muito com isto, não encontrando solução, peço ajuda a quem nos der uma direção pelo menos..
    Obrigada
    Lia.

  • Sergio
    21 de junho de 2013 - 9:58 pm | Permalink

    Boa noite Doutor. Uso protese removivel na parte superior há mais de 25 anos. Resolvi consultar um especialista para colocar uma protese fixa e ele sugeriu o protocolo…
    Mas tem ser feito enxerto de osso por causa da perda…
    A opção foi pelo banco de ossos, mas estou com certo medo…
    É uma cirurgia segura? E a recuperação não é difícil?
    O meu maior temor é ficar sem dentes após o enxerto.
    Posso usar a protese removível logo após o enxerto?
    Obrigado.

    • 1 de julho de 2013 - 9:28 pm | Permalink

      Olá Sergio.

      A opção pelo banco de óssos vem sendo utilizida cada vez com maior frequencia. Em relação a sua procedencia, podemos considera-la segura, existem protocolos especificos de processamento e esterilização e seguem um regime de seleção dos doadores iqualmente rigorosos.
      Sua vantagem em relação a outra opção de enxerto, que seria de osso autogeno, ou do proprio paciente, é a própria morbidade do procedimento, sendo bem menor, pois não necesisita de duas intervenções cirúrgicas, uma para retirar o enxerto e outea para coloca-lá.
      A sua desvantagem esta em sua perda um pouco maior em volume após colocada em relação ao enxerto autogeno.
      A recuperação para esse tipo de procedimento costuma apresentar edema local devendo ser amenizado atraves de medicações antiinflamatórias e fisioterapia com bolsas térmicas frias por alguns dias.
      O uso da prótese deve ser evitada nos primeiros dias após a cirurgia, juntamente com o tempo de recuperação. Após esse período, a protese deve ser reajustada para possibilitar seu uso sem pressionar a região pós cirúrgica.

      Boa sorte!

  • Emerson
    29 de junho de 2013 - 12:04 am | Permalink

    Dr. Elcio, boa noite. Tenho uma grande dúvida, pois estou prestes a colocar dois dentes de porcelanas e o dentista me informou que a melhor maneira seria na forma cimentada para o meu implante. Isso é verdade? Como posso avaliar melhor esta situação? E em forma de rosquear? Obrigado

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      1 de julho de 2013 - 9:35 pm | Permalink

      Olá Emerson.

      A coroa cimentada, em relação a coroa parafusada, possue uma melhor estética pois a coroa não possui nenhum tipo de acesso ao parafuso que prende a coroa ao implante. Porém é mais dificil seu ajuste em caso e afrouxamento desse parafuso interno. A coroa parafusada possue acesso a esses parafuso, que são obturados com resina após seu travamento.

  • Val
    6 de julho de 2013 - 8:15 pm | Permalink

    Dr acabei de colocar dois implantes um na região do molar superior e outro no molar inferior, olhando no espelho ainda com pontos deu p ver o implante no superior, notei que ele foi colocado bem pertinho de outro dente, não teria que ser colocado bem no meio do espaço? O fato dele estar mais para um lado do q do outro não pode prejudicar a colocação da protese? Fiquei preocupada com isso!

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      21 de agosto de 2013 - 6:21 pm | Permalink

      Olá Val!

      A posição ideal do implante seria realmente o centro do espaço desdentado, porém condições cirurgicas como por exemplo, região de maior volume ósseo nem sempre esta localizada ao centro desse espaço. Até um certo limite, é possível compenssar este posicionamento com peças intermediarias anguladas (chamadas munhão ou abutment) ou mesmo com o próprio corpo da prótese sem comprometimento no resultado final.

      Não se preocupe, certamente o dr ou dra que fez o procedimento saberá contornar essa questão, mesmo porque essa situação é relativamente comum.

  • elenice
    20 de julho de 2013 - 9:32 pm | Permalink

    gostaria de receber indicações de profissionais, acredito que o meu problema dentario seja estetico , mas não gostaria de gastar dinheiro e sofrer dores ou outras surpresas desnecessarias = s.p.

  • Debora
    9 de agosto de 2013 - 9:00 pm | Permalink

    Ola, Dr!
    Fiz um implante ano passado em um incisivo sup direito e já foi finalizado!
    No entanto, a gengiva toda está escura no implante, por transparencia.
    Está horrivel!
    Tem como resolver isso?
    Existe material mais adequado?

    Obrigada,
    Debora

    • Dentista Consultor Implante Dentário
      21 de agosto de 2013 - 7:30 pm | Permalink

      Olá Debora!

      Pelo descrito, parece a ausência óssea na face vestibular (frontal) do implante. Essa fato tem maior chance de ocorrer justamente nesta região, onde geralmente a espesura óssea é delgada.
      Se esse for o caso, é possivel a colocação de enxerto para recobrir o implante nesta região, assim como melhorar o contorno gengival ao redor da coroa do implante.

  • Claudio
    2 de setembro de 2013 - 1:44 pm | Permalink

    Bom dia Doutor!
    Por favor gostaria de tirar uma duvida com o senhor. Pois a 3 dias atras fiz um enxerto ósseo na parte superior da frente para colocar um implante pois não havia osso suficiente, mas percebo além do inchanço uma parte no ponto amarelada, não sei se é pus , estou tomando medicamentos orientados pelo meu dentista, antiflamatorio e antibiótico Se realmente for pus isso é normal? E o que mais posso fazer ainda dói muito.

  • Lisa
    19 de setembro de 2013 - 7:17 pm | Permalink

    Boa noite Dr. Fiz 2 implantes inferiores com enxerto de osso em maio, em agosto fiz 4 em cima. Mas tenho uma pressão muito grande nas gengivas acompanhado de ardor e comichao, a lingua dorida e com saburra, queria perguntar-lhe se isto é normal ou se estou a fazer infeção? Tenho a protese ja velha a qual foi feito uns buracos para os implantes, parece-me que faço alergia a eata protese ja antiga, visto que nao consigo encostar a lingua , parece que me queima.
    obrigada

    Lisa

  • Lyara
    30 de setembro de 2013 - 9:19 pm | Permalink

    Boa tarde Dr. Gostaria que se possível o sr. me tirasse uma dúvida. Tenho 41 anos, e perdi o primeiro e o segundo molar inferior esquerdo. O primeiro molar, acredito que tenha perdido, por volta dos dez anos, no máximo. Agora, fiz um cirurgia para implantá-lo (primeiro molar), o corre que o pino não ficou centralizado, ficou na divisa com o segundo molar que optei por não implantar pois fica na curvatura da boca e sem espaço entre ele (o segundo molar inferior e o superior). Achei estranho a localização pino, inclusive em um exame radiológico o outro dentista disse que “havia pino para implante na região do segundo molar”. Ao questionar meu dentista ele disse que eu não tinha estrutura óssea na região do primeiro molar (tenho 8mm de profundidade e não sei a espessura, mas de fato é fina).Pergunto: a explicação dele é plausível ou seria um erro grosseiro? O pino de fixação do dente ficando em uma extremidade ao invés de no meio não prejudica a estrutura da coroa já que a sobrecarga ficaria em apenas um lado? obrigada

  • Lyara
    1 de outubro de 2013 - 12:08 pm | Permalink

    Bom dia. Dr, estou com uma grande dúvida e gostaria que se possível o senhor opinasse sobre a mesma. Tenho 41 anos e perdi 0 1º e o 2º molar inferior esquerdo. Acredito ter perdido o 1º molar entre 8 e 10 anos. Agora estou tentando implantar o 1º molar. Fiz a cirurgia para o implante e observei que o implante ficou em um dos lados e não no centro da região desdentada. Tb não ficou centralizado e sim para um lado, e praticamente na divisa com o 2º molar. Ao fazer a radiografia para ver a cicatrização, um segundo dentista disse que “existia pino para implante na região do segundo molar). Após colocar o cicatrizador, observei que realmente o pino passa um pouquinho para a região do 2º molar. do Ao questionar o dentista, ele disse que eu não possuo estrutura óssea no centro e por isso o implante foi colocado onde está. Vi na minha tomografia que tenho 8mm profundidade, mas não sei a largura, porém de fato acho a gengiva fina no local. Minhas dúvidas são: 1ª A explicação dele é plausível ou pode ter sido um erro grosseiro, vez que o pino está passando um pouco para o segundo molar superior, e nada foi me dito antes. 2ª Essa posição do pino não vai prejudicar a coroa, pois a meu ver a força não ficará bem distribuída?

  • Ana Carota
    26 de outubro de 2013 - 8:46 pm | Permalink

    coloquei uma coroa de porcelana mais a cor está diferente, estou deprimida. Tenho direito de pedir ao dentista que coloque uma coroa da cor do meu dente?

  • larissa
    7 de novembro de 2013 - 6:47 pm | Permalink

    voçê e dentista ?tem consultorio?gostaria de marca uma consulta.

  • maria de fatima louveira
    28 de novembro de 2013 - 8:58 pm | Permalink

    OLA DR.! BOA TARDE

    ESCLARECO AO SR. QUE FIZ O PRIMEIRO IMPLANTE NA PARTE SUPERIOR OU SEJA TRES DENTES DE CADA LADO, OCORRE QUE TODOS FICARAM MOLES INCLUSIVE DO LADO ESQUERDO QUEBROU, POREM ESSE MESMO LADO O DENTISTA SUGERIU A FAZER ENCHERTO OSSEO , NO ENTANTO FIZ NOVA CIRURGIA COM ENCHERTO, POREM O DENTISTA RECOLOCOU AS PROTESES, OCORRE QUE COLOCOU 4 DENTTES INDIVIDUAIS E USANDO 2 MUNHÕES, O QUE ESTA ME ABORRECENDO POIS ESTOU DESCONTENTE E AMOLECE E ESTOU INFELIZ, TEM COMO COLOCAR AQUELE DE FURINHO COM PARAFUSO. MAS ISSO NÃO É SO AGORA TENHO QUE FAZER O OUTRO LADO RETIRAR OS TRES IMPLANTES E FAZER ENCHERTO PARA RECOLOCAR NOVOS IMPLANTES. SEGUNDO INFORMAÇÃO DO PROFISSIONAL ELE DIZ QUE DEVOLVEU TODOS OS PARAFUSOS AO REPRESENTANTE CONCLUINDO QUE ESSE SERIA UM DOS DEFEITOS.ISSO NÃO SO COMIGO.

    A MINHA DUVIDA SOBRE O MUNHÃO ELE É UM PROCEDIMENTO EFICAZ SIM OU NÃO (POIS COLA E AMOLECE) E O PARAFUSO PODE QUEBRAR QUEM SE RESPONSABILIZA COM ESSAS DESPESAS, VISTO QUE PAGUEI UMA SEGUNDA CIRURGIA NO VALOR DE r$3.000,00 (TREIS MIL REAIS) PARA UM OUTRO CIRURGIÃO,E MAIS COMPRA TECIDO ÓSSEO 500,00 E 945,99 DE UM PARAFUSO, ISSO DIZENDO QUE NÃO ESTARIA ME COBRANDO 3 PARAFUSO E A PROTESE PARA REEMPLANTAR NOVAMENTE E COLOCAR ENCHERTO ME DE SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO.
    SOU DE DOURADOS MS, SEI QUE AQUI TEM BONS PROFISSIONAIS, MAS ESTOU PENSANDO SERIAMENTE IR PARA CAMPO GRANDE MS FAZER CONSULTA C OM OUTRO PROFISSIONAL.

    AGUARDO RESPOSTA

  • Vânia
    11 de dezembro de 2013 - 3:59 am | Permalink

    Olá Dr?
    Vou implantar 3 dentes incisivos superiores, entretanto o cirurgião afirmou que será necessário extrair o único incisivo frontal, mesmo sendo saudável, por motivo de estética, visto que o dente natural é muito largo e seria impossível fazer outro igual. Estou em dúvida, serão 4 dentes e um será por pura estética! É normal esse procedimento? O resultado realmente pode não ser como eu espero?
    Obrigado!

  • Pingback: REABILITAÇÃO PROTÉTICA SOBRE IMPLANTES PARTE 2

    • Redação
      12 de janeiro de 2014 - 8:58 pm | Permalink

      Zair, o dente já foi colocado?
      Qualquer dor deveria desaparecer após esse tempo.
      Se não acontecer procure o dentista que fez o implante.

  • CLAUDIA
    14 de janeiro de 2014 - 2:37 pm | Permalink

    Boa Tarde!!!
    Estou com um problema referente a coroa de porcelana, ela está caindo, porque o pino está muitíssimo curto quase rente ao dente, gostaria de saber se é possível a remoção deste pino para colocar outro ? Obrigada

    • Redação
      15 de janeiro de 2014 - 1:02 am | Permalink

      Olá Claudia,
      Normalmente o dentista precisa trocar o nucleo. Se está caindo fica mais fácil trocar.

  • Salvador
    21 de março de 2014 - 10:24 pm | Permalink

    Esqueci de colocar o “cover” no implante após terminar a cirurgia. O que poderia acontecer? Obrigado!

    • Redação
      24 de março de 2014 - 6:06 pm | Permalink

      Provavelmente a gengiva não vai fechar totalmente na região e pode formar osso no espelho do implante.

  • suelen
    5 de maio de 2014 - 8:52 pm | Permalink

    Boa tarde, fiz um implante no sábado e hoje, segunda feira, observei que o dente colocado no lugar esta mais recuado que o que foi extraído, ou seja ele parece um pouco para trás. O dentista não colocou o dente no mesmo lugar do anterior e agora ele está torto. O que fazer nesse caso? Quando for trocar pela prótese fixa dá pra consertar?? Muito obrigada.

  • Adriana
    28 de junho de 2014 - 4:38 am | Permalink

    paguei 6 mil por esse implante sem sucesso? ficarei no prejuizo? o que fazer?

  • zuleica
    7 de setembro de 2014 - 11:36 pm | Permalink

    coloquei ponte fixa metalocerâmica superior dento suportada canino a canino, faz 3 dias e incomoda, aperta, o dr. disse que me adaptarei com o tempo,será? usei ppr
    “provisória” (sem metal, igual dentadura) por 35 anos e nunca me incomodou. ele disse q não dá p tirar e afrouxar pq quebra, é verdade? se resolver tirar mesmo assim, é mt trabalhoso? pls., ajude-me , estou tendo crise de pânico. foi caro e a estética ficou excelente, não queria perder todo o trabalho. obgd.

    • Redação
      14 de setembro de 2014 - 12:39 pm | Permalink

      Qualquer adaptação a uma nova prótese nova é dificil, ainda mais tendo usado por tanto tempo a outra. Tente controlar sua ansiedade e confie em seu dentista.

  • esther resende
    28 de outubro de 2014 - 10:23 am | Permalink

    Ola gostaria de saber quanto tempo fica dolorido um emplante dentário’ e quando devo colocar a prótese provisória pois estou com medo de doe mais Mr ajude obtigada

  • 4 de dezembro de 2014 - 3:28 am | Permalink

    Oi dr.olha implantei um dente q ficou maior de todos e gostaria de saber se posso voltar no meu dentista para ele fazer um dente menor igual ao do outro lado ,pois minha dentiçao e pequena ,nao gostei de ele ter colocado um mair de todos so p preencher o espaço ,gostaria q ficasse pequeno e c um espaçinho mesmo como todos ,me responde p favor hoje acabei de sair c o dente de la obrigada desfe de ja

  • dalila
    16 de março de 2015 - 5:42 pm | Permalink

    Boa tarde:
    Então Dr. já via aqui a mesma pergunta que vou fazer mas não via a resposta (é normal falar fanhoso depois que coloca uma prótese sobre o implante) o meu caso é que todo o mundo fala que eu fala certo, mas eu sinto quando falo algumas palavras saindo errado,isso pelo que falam só eu escuto mas me incomoda, sem contar que junto saliva e tenho que parar e engolir também só eu sinto o problema que me incomoda, isso tem solução. muito obrigada Dalila

  • dalila
    16 de março de 2015 - 5:49 pm | Permalink

    Boa tarde:
    Então Dr. já vi aqui a mesma pergunta que vou fazer mas não vi a resposta (é normal falar fanhoso depois que coloca uma prótese sobre o implante) o meu caso é que todo o mundo fala que eu fala certo, mas eu sinto quando falo algumas palavras saindo errado,isso pelo que falam só eu escuto mas me incomoda, sem contar que junto saliva e tenho que parar e engolir também só eu sinto o problema que me incomoda, isso tem solução. Fiz implante tem um ano e fiz da boca toda, não queria usar pro tece móvel e arranquei alguns da frente para poder fazer o implante pois não tinha estrutura óssea para fazer.muito obrigada Dalila

  • 25 de abril de 2015 - 2:16 am | Permalink

    Olá Doutor,
    Fiz a colocação do parafuso do implante a 11 dias, no dente de trás. Hoje notei a gengiva muito estranha, como se tivesse com um buraco e aparecendo uma coisa branca. Só conseguirei falar com meu dentista na segunda . Isso é normal ou tenho que ir para uma urgência odontológica? Obrigada

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

    Close