Monthly Archives: novembro 2009

Implantes Guiados

Implante dentário por nova técnica possibilita a recuperação mais rápida do paciente

Uma técnica recente de implante chega aos consultórios odontológicos. Trata-se da cirurgia guiada virtualmente, mais conhecida como cirurgia sem corte, que é menos invasiva, possibilita uma recuperação mais rápida que

Cirurgia Guiada

a tradicional, além de permitir que o paciente saia do consultório com os implantes e os dentes no mesmo dia.

A diferença entre a cirurgia tradicional e a guiada está no planejamento minucioso que é realizado antes da cirurgia. Imagens de tomografia computadorizada em três dimensões permitem que o cirurgião-dentista planeje os implantes de uma forma virtual, escolhendo a posição e inclinação mais adequada, bem como a quantidade de implantes a serem utilizados, levando em consideração as restrições anatômicas do paciente.

Este implante dental, feito de uma liga de titânio, substitui a raiz do dente ausente e é inserido no osso, que deve ter altura e largura suficiente para tal, sendo este procedimento um dos mais avançados dentro da odontologia contemporânea. “Essa técnica possibilita ao paciente uma recuperação mais rápida, cerca de 50% da convencional, pelo fato de realizar pequenas perfurações na gengiva, somente no local do implante, diferente da comum, onde é necessário um grande corte para a colocação dos implantes”, comenta a mestre e especialista em periodontia, Zulene Alves Ferreira. Com os dados em mãos, o cirurgião analisa a anatomia óssea da boca, e define o local ideal de fixação dos implantes. A partir daí, uma máquina de prototipagem gera um guia cirúrgico de resina, especifico para o paciente, que define o ponto exato da fixação dos implantes.

A grande vantagem é que a intervenção cirúrgica é toda definida e planejada virtualmente com a precisão do computador. “Esse planejamento prévio faz com que o paciente sofra menos, tenha uma cirurgia minimamente invasiva, menor dor e sangramento, proporcionando segurança e tranqüilidade, tanto para o profissional quanto para o paciente. Outra vantagem é que, sabendo antes onde estarão os implantes, a prótese provisória pode ser confeccionada antecipadamente, podendo ser instalada momentos após a cirurgia”, comenta o endodontista Marcelo Leipner de Oliveira.

A técnica é promissora, porém é mais indicada aos pacientes sem perda óssea, pois estes necessitam de um enxerto para compensar essa perda. Os enxertos podem acontecer antes ou na mesma sessão da colocação do implante, o que requer quatro a seis meses de espera, para a colocação dos implantes. A falta de um ou mais dentes vai muito além da dificuldade de mastigação, afeta a saúde e a auto-estima das pessoas, podendo interferir na imagem do paciente. “Qualquer pessoa deseja ter dentes saudáveis sem sofrimento e com apenas algumas consultas e um procedimento pouco invasivo. Por meio da cirurgia guiada por computador, é possível melhorar ainda mais a qualidade estética dos implantes”, finaliza Dra. Zulene

Fonte: Odontosites

Close